Ameaças cibernéticas: quais as principais e como proteger a empresa?

Sua empresa está preparada para se proteger das principais ameaças cibernéticas que podem atingi-la? Com o ambiente de negócios se tornando cada vez mais digital, a gestão da segurança virtual deve ser uma preocupação constante.

Diante disso, adotar soluções de cibersegurança é uma prática fundamental para qualquer organização e uma das mais importantes atribuições da liderança. Caso haja alguma dúvida em mente, aproveite este artigo que preparamos para que seu empreendimento fique seguro. Boa leitura!

O que são as ameaças cibernéticas?

O conceito de ameaças cibernéticas abrange um conjunto de riscos que o ambiente virtual pode oferecer para usuários e empresas. São situações e mecanismos que permitem a criminosos realizar ações danosas, como:

●        desabilitar redes, aplicativos, sistemas, computadores ou sites;

●        alterar, apagar ou roubar dados;

●        usar hardwares e softwares violados para lançar outros ataques;

●        cometer fraudes bancárias;

●        impedir o acesso a informações ou torná-las públicas.

Como acontecem?

A realidade é que novas maneiras de implementar ameaças digitais surgem todos os dias. Os criminosos virtuais estão sempre se atualizando e podem lançar mão de diferentes métodos para realizar um ataque cibernético.

Aqui, vão desde programas contendo vírus criados para infectar e praticar ações danosas, passando por técnicas de engenharia social, chegando a utilização de canais de comunicação como meios de entrega.

Qual é a importância de conhecer as principais ameaças cibernéticas?

Com a inovação e a transformação digital em crescimento, tanto ambientes de trabalho como ferramentas estão cada vez mais virtuais. Hoje, porém, não é possível para uma empresa funcionar sem computadores, internet, sistemas de controle digitais e canais de comunicação online.

Nesse cenário, os cibercriminosos encontram um grande número de situações em potencial, em que podem se aproveitar para cometer ataques. Além disso, eles continuam aprimorando seus métodos para aumentar seus ganhos com essa atividade ilegal — que implica em prejuízos maiores para as vítimas.

O primeiro passo para proteger sua empresa e seus funcionários desses riscos é conhecer quais são as principais ameaças cibernéticas. Somente a partir disso é viável construir uma estratégia de segurança adequada.

Quais são as principais ameaças cibernéticas atualmente?

São diversos os tipos de ataques cibernéticos que uma empresa pode sofrer, afetando suas operações, finanças e o sigilo dos seus dados. Entretanto, alguns se destacam como as principais ameaças cibernéticas por serem mais comuns. Descubra quais são a seguir!

Spam

São todas as mensagens não solicitadas que chegam ao e-mail, incluindo propagandas. Assim, nem todo o spam é uma ameaça. Para se tornar prejudicial, ele deve conter links que instalam softwares maliciosos no dispositivo do destinatário ao clicar neles.

Phishing

É uma prática que envolve manipular o usuário, levando-o a visitar páginas de baixa segurança, nas quais dados — senhas, informações financeiras, endereços, números de documentos etc. — são roubados da rede.

Malware

Entre as ameaças à segurança da informação, o Malware se destaca. Trata-se de um programa que é instalado a distância em um dispositivo para acessar todos os dados ali armazenados. Dessa forma, o cibercriminoso rouba e usa em fraudes, sequestra ou destrói tais informações.

Botnet

É o sequestro e controle de computadores por meio da infecção por um Malware, criando uma rede de bots. Desse modo, essa ameaça cibernética usa o equipamento como parte de um ataque em massa para sobrecarregar e desativar servidores ou sites.

Worm de computador

O Worm é um tipo de vírus que se espalha sozinho. Quando se instala em um dispositivo, compromete o bom funcionamento do sistema, de softwares e aplicativos, realiza várias ações não autorizadas e rouba dados.

Vazamento de dados

Programas espiões ou cavalos de troia são utilizados para acessar dados críticos — senhas, informações bancárias etc. — que depois são vendidos ou divulgados na internet e aplicados para cometer fraudes.

Como proteger a empresa dessas ameaças?

Como visto, as principais ameaças cibernéticas se escondem em ações do dia a dia. Um simples clique pode ser perigoso. Dessa maneira, é preciso contar com uma estrutura para proteger a empresa dos danos e prejuízos que elas podem causar. Veja algumas dicas!

Implemente políticas de acesso, controle e uso dos recursos de TI

Contar como uma política para acesso, controle e utilização adequada de sistemas e aplicativos ou da infraestrutura de hardware é o primeiro passo para a empresa funcionar de forma segura. Na sua composição, algumas práticas não devem faltar:

●        aplicação de camadas adicionais de segurança de acesso, como autenticação em dois fatores e senhas fortes;

●        limitação do número de tentativas e encerramento de login depois de um curto período de inatividade do usuário;

●        verificação de todos os dispositivos conectados à rede em busca de ameaças;

●        agendamento e automatização de backups.

Invista em criptografia e firewall para web

Navegação na web, sistemas em nuvem e aplicativos online são parte do cotidiano de um negócio, fazendo das garantias de segurança cibernética uma necessidade. Por exemplo, um SSL criptografado é uma proteção para transferir informações. Já contar com um firewall permite criar uma barreira entre o servidor e a conexão.

Crie uma cultura organizacional de boas práticas de segurança digital

A conscientização da equipe sobre quais práticas são potencialmente perigosas evita a adoção de ações imprudentes durante a utilização dos recursos de TI da organização. Treinar os colaboradores e fornecer atualizações constantes faz com que eles ajam preventivamente em situações de risco, diminuindo prejuízos.

Busque o apoio de empresas especializadas

Contar com um parceiro especialista para o monitoramento e gerenciamento ininterrupto dos ambientes virtuais possibilita que seu negócio possa focar nas atividades que trazem resultados e, ainda, ter certeza que está seguro.

A Stefanini tem um conjunto de soluções nesse sentido. Usando Big Data Analytics e Inteligência Artificial, somados a tecnologias de defesa e investigação, oferecemos serviços de segurança cibernética adaptáveis à necessidade de cada empreendimento. Assim, nossos clientes são capazes de identificar e agir proativamente contra ameaças digitais.

Deixar a sua empresa preparada para se proteger das principais ameaças cibernéticas começa por conhecê-las. A partir disso, é possível adotar práticas que garantam a segurança do negócio e dos colaboradores no ambiente digital. E a Stefanini pode ajudar nisso com soluções completas e adaptadas à realidade de cada empreendimento.

Gostou de saber mais sobre ameaças cibernéticas? Entre em contato conosco e conheça mais sobre os serviços de segurança e defesa cibernética que oferecemos!

Junte-se a nós

Receba Em Seu E-mail Conteúdos Exclusivos

Inscreva-se em nossa newsletter e receba novidades sobre o Grupo Stefanini.