Cibersegurança: o valor da confiança digital

03 de Dezembro de 2021 por Stefanini

Alex Bertea

Soluções sofisticadas de segurança cibernética estão mudando a maneira como as organizações lutam contra os invasores cibernéticos. Como resultado, as empresas que investem de forma inteligente neste espaço devem se beneficiar de uma maior capacidade de evitar ataques bem-sucedidos, uma resposta mais rápida a quaisquer interrupções, maior confiança em sua capacidade de gerenciar ameaças e a capacidade de fornecer uma experiência superior ao cliente.

No entanto, isso não acontecerá automaticamente. Em um ano sem precedentes quer estejamos nos referindo a economia, saúde pública ou cibersegurança, as empresas precisarão investir na proteção contra invasões, ransomware, violações de dados e ataques de phishing. Para muitas empresas, uma abordagem proativa para testar sua resiliência de segurança cibernética será crucial, o que pode incluir a simulação de ataques em parceria com equipes de hackers éticos.

Isso fará parte da construção de confiança e resiliência, ao mesmo tempo em que acelera a inovação, que será crucial para o sucesso futuro.

Covid-19 requer confiança digital

Como a Covid-19 transformou a sociedade de maneira tão reduzida, ela também cria uma oportunidade para a tecnologia digital moldar um futuro melhor. A confiança digital tem um papel na criação de sociedades e economias mais resilientes e justas.

Enquanto as empresas estão inovando e ganhando confiança para garantir seu próprio futuro, também há a chance de pensar maior. Para os negócios que realmente desejam usufruir o poder do digital na criação de um mundo melhor, o foco em segurança, responsabilidade e ética deve estar na vanguarda do desenvolvimento digital.

Alex Bertea – Chefe de Segurança Cibernética, Stefanini EMEA

Compartilhe:

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas