Quais são os benefícios de investir em segurança da informação? 

De acordo com o Relatório de Custo de uma Violação de Dados da IBM em 2020, as violações de segurança da informação custaram às empresas US$ 3,86 milhões. Aqui, então, está o primeiro benefício de investir em sistemas e defesas que protegem os dados: a economia. 

Não menos importante, as empresas que mantêm os dados críticos e pessoais de seus clientes seguros correm menos risco de danos à imagem. Nesse aspecto, deve-se considerar que a credibilidade é algo difícil de conquistar e que, uma vez perdida, é difícil de recuperar. 

Um bom exemplo disso é a marca esportiva Under Armour. Em 2018, eles sofreram um ataque que resultou no vazamento das senhas de 150 milhões de usuários do aplicativo MyFitnessPal. No segundo semestre, a empresa registrou prejuízo de US$ 125,8 milhões, dez vezes mais do que um ano antes. 

Sem falar nos danos morais e na perda de confiança, que são muito mais difíceis de contabilizar. Portanto, é muito prudente considerar investir em segurança da informação. Abaixo estão alguns dos benefícios relacionados com esta prática! 

1. Previne ataques DDoS 

Conhecidos como ataques Distributed Denial of Service (DDoS), eles são particularmente perigosos porque, neles, os invasores impossibilitam o acesso aos sistemas atacados. Eles fazem isso por uma variedade de técnicas criando uma sobrecarga no tráfego, inviabilizando qualquer tipo de operação em um sistema online. 

O desafio é antecipar esse tipo de ataque, que nunca acontece da mesma forma. Essa imprevisibilidade faz com que a segurança da informação tenha que redobrar seus esforços para prever falhas e implementar protocolos de acesso seguro. 

Dessa forma, qualquer investimento feito para evitar ataques DDoS será sempre bem-vindo, dado seu altíssimo potencial de causar danos. 

2. Protege contra ataques de Ransomware 

Os ataques do tipo ransomware são uma espécie de sequestro virtual. A diferença aqui é que, em vez de pessoas, o cibercrime tem como alvo os dados, que são acessados e criptografados sem autorização. Como resultado, as pessoas devidamente autorizadas a acessá-los perdem suas credenciais, pelas quais é cobrado um resgate. 

Ao proteger sua empresa desse tipo de ataque, você também se previne de grandes prejuízos. Isso porque, segundo levantamento da Safety Detectives, estima-se que os custos desse tipo de cibercrime, em 2021, cheguem a impressionantes US$ 20 bilhões. 

3. Garante a segurança do blockchain 

Apesar de ser considerado um ambiente seguro, o blockchain também serve como alvo para possíveis ataques. Neles, os atacantes têm como alvo as criptomoedas, que geraram, em 2017, um prejuízo equivalente a US$ 2 bilhões, segundo a revista brasileira Época. 

Considerando que não apenas pessoas físicas, mas também empresas estão aumentando os investimentos nesse ativo financeiro, vale a pena atentar para medidas que os protejam de ataques cibernéticos. Existem até softwares e recursos desenvolvidos exclusivamente para proteção de dados nesse ambiente, como o da Kaspersky. 

4. Em conformidade com o LGPD 

Por fim, como benefício adicional, ao investir em segurança da informação sua empresa garante que estará em conformidade com o recente Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR). Além de garantir transações confiáveis e o correto tratamento dos dados de seus clientes, você também evita perdas financeiras. 

Afinal, a lei prevê pesadas penalidades para quem não cumprir, multas que podem chegar a 2% do faturamento anual. Ressalta-se que essas multas só entrarão em vigor a partir de agosto de 2021, portanto, quanto antes investir, mais tempo terá para ajustar seus processos com base na nova lei. 

Junte-se a nós

Receba Em Seu E-mail Conteúdos Exclusivos

Inscreva-se em nossa newsletter e receba novidades sobre o Grupo Stefanini.