Listamos os principais desafios da transformação digital nas empresas. Confira!

17 de Setembro de 2018 por Stefanini

Para começar, é preciso levar em consideração que a transformação digital é um caminho sem volta. Ela está tão em evidência que é muito difícil ignorá-la. Ou seja, é impossível não perceber a relevância dos desafios da transformação digital, principalmente se observarmos o crescimento do volume de pesquisas no Google Trends

Apesar da sua importância entretanto, também é preciso admitir que as empresas têm dificuldade para encarar esse desafio. Os maiores problemas relacionados à transformação digital que podem ser citados são a resistência de funcionários ou departamentos, o orçamento restrito e questões que envolvem a mudança de mentalidade de gerentes e diretores.

Para ajudar você a entender esse impasse e traçar uma estratégia para acelerar a transformação digital em sua empresa, listamos os maiores desafios encontrados durante esse processo. É bem provável que um ou mais itens apontados abaixo descrevam parcialmente a sua realidade.

Promover a mudança de cima para baixo

Um grande desafio da transformação digital é que, na maioria das vezes, a ideia não parte dos sócios ou diretores da empresa, que estão nos mais altos níveis da hierarquia. Consequentemente, a empresa destina para esse propósito orçamentos normalmente baixos.

O fato é que há a necessidade urgente de uma mudança de postura. Quem está em um cargo de decisão na empresa normalmente tem tempo de casa (algo entre 10 a 20 anos, dependendo do setor) e está condicionado a (querer) fazer tudo do mesmo jeito. Os clientes estão saindo, os resultados financeiros da empresa estão caindo, mas os gerentes insistem em fazer tudo como faziam há 10 anos atrás.

Quando os decisores principais do negócio não compram o discurso de transformação, quem levanta essa bandeira vai ter dificuldades para implementar novas ferramentas, aprovar orçamentos e a convencer o restante da empresa sobre a importância da inovação.

Quebrar a resistência a mudanças

Não são só os sócios e diretores da empresa que precisam ser convencidos. Também é comum encontrar resistência por parte dos funcionários e de níveis intermediários de gerência.

A resistência pode ser provocada por vários fatores. O principal é o medo de não se adaptar às mudanças, principalmente quando falta intimidade com as ferramentas digitais. Outro medo comum nas pessoas é de perder o emprego em razão da automação ou pela mudança do fluxo de trabalho.

Entender e promover o amadurecimento da empresa

Outra dificuldade comum é identificar em que patamar de maturidade digital a empresa está. Como este é um tema novo, é difícil para os envolvidos entender o que precisa ser feito e como as ações devem ser priorizadas.

Para auxiliar nesse aspecto, a IDC - International Data Corporation, em parceria com a Dell e a Intel, criou o benchmark da maturidade da infraestrutura de TI no Brasil, que pode ser feito em 12 minutos.Trata-se de um diagnóstico voltado exclusivamente para TI, que é uma das grandes áreas responsáveis pelo sucesso na transformação digital. Com ele, já é possível ter uma ideia do nível de maturidade da sua empresa.

Investir em pessoas antes de investir em ferramentas

Por mais que algumas atividades possam ser automatizadas, a empresa precisa entender que a transformação digital é feita por pessoas. Isso quer dizer que é preciso investir primeiramente na preparação do capital humano, seja através da contratação de novos integrantes ou pelo treinamento de profissionais que já integram o time.

Sim, algumas pessoas vão ter medo de perder seu cargo por ser um assunto desconhecido. Por isso, é importante promover as mudanças de forma que demissões por falta de "alinhamento com o digital" só aconteçam em último caso.

Departamentalização da transformação digital

Um erro muito comum é criar um "setor de inovação” para, exclusivamente, cuidar do processo de transformação digital. É um equívoco, pois a inovação não deve ser responsabilidade um setor único na empresa, mas sim internalizada em todos os seus setores.

É certo que departamentos como o de TI terão mais facilidade em gerir temas relacionados aos desafios da transformação digital, mas isso não deve ser exclusivo desse segmento. Caso contrário, o TI pode acabar ilhado e sobrecarregado pela inadimplência dos outros setores e a transformação digital vai acabar morrendo na praia.

Assegurar a segurança na transformação digital

Em um exercício rápido, imagine uma empresa que trabalhava com informações na década de 50. Agora imagine como um incêndio ou um roubo de arquivos poderia comprometer os resultados e abalar a confiança dos clientes dessa empresa. Hoje em dia, a perda de arquivos equivale ao incêndio, enquanto o vazamento de informações oriundo de ataques cibernéticos equivale ao roubo.

É preciso levar a sério a segurança digital, implementando rotinas elementares, como a configuração correta de servidores, proteção contra ataques de hackers, criptografia de dados, backups e dispositivos de compliance. Caso contrário, diante do primeiro problema, todo o incentivo dado para a transformação digital ficará em cheque.

Mensurar e valorizar os resultados

É preciso ter em mente que se alguém conseguir convencer a diretoria de que voltar a usar máquinas de escrever aumentariam o lucro, certamente essa medida seria implementada já no mês seguinte.

Levando em consideração o baixo orçamento geralmente disponível para inovações, a maior dificuldade dos gestores em acelerar a transformação digital é mostrar para a gerência o quanto as implementações podem catalisar o lucro, seja reduzindo despesas ou maximizando receitas.

Esse impasse pode ser facilitado caso um parceiro entre no circuito, o que nos leva ao último desafio da lista.

Escolher o parceiro certo

De 2011 a 2017, as soluções de serviços de software (SAAS) relacionados a marketing teve um crescimento de 150 para 5000. Um crescimento superior a 33 vezes mais em seis anos nos mostra que é impossível testar cada uma das ferramentas. Muito provavelmente, poucas empresas parceiras de transformação digital consigam abranger todas as opções possíveis do mercado.

A empresa parceira deve estar focada em trazer soluções para os seus clientes, ajudando-os a superar os desafios da transformação digital com eficiência e garantia de resultado. 

Com todos esses desafios da transformação digital a serem superados, fica fácil entender o quanto é importante ter um parceiro de confiança para promover a transformação digital na sua empresa. Se gostou deste conteúdo, descubra como a sua companhia pode aproveitar as oportunidades da transformação digital na construção de um mundo novo.

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas

Nós usamos cookies em nosso site para oferecer a melhor experiência possível. Ao continuar a navegar no site, você concorda com esse uso. Para mais informações sobre como usamos cookies, veja nossasPoliticas de Privacidade.