Como a captura e identificação de dados pode ser ágil

21 de Agosto de 2019 por Stefanini

transformação digital já é uma realidade no mundo corporativo. Com soluções tecnológicas que otimizam os mais variados processos, as empresas passaram a investir em modelos de negócio inovadores. Nesse sentido, a captura e identificação de dados é parte essencial da estratégia de qualquer organização de sucesso.

Muito é falado sobre o uso inteligente da informação coletada, mas pouco sobre como ela realmente funciona. Pensando nisso, criamos este artigo para desmistificar de vez o assunto.

Falaremos aqui sobre o conceito e as atividades nas quais ele é usado, mostrando ainda quais são os benefícios de adotar tecnologias para essa finalidade e como isso torna os processos mais ágeis. Confira!

O que é captura e identificação de dados?

A captura e identificação de dados — em inglês, Automatic Identification and Data Capture (AIDC) — é um método de coleta automática de informações de produtos. Para aplicá-lo, são usados equipamentos específicos que fazem a captura e enviam os dados para um sistema de gestão digital.

Um dos objetivos da sua utilização é promover a automação desse processo, ou seja, reduzir a intervenção humana e aumentar a velocidade e a qualidade da execução. Na prática, as empresas fazem esse tipo de coleta em setores como o de marketing ou vendas.

Com os dados processados pela solução digital, os gestores passam a contar com informações mais confiáveis para as tomadas de decisão.

Tecnologia necessária

O método pode ser dividido em duas partes, como o próprio nome sugere. Para executar a etapa de captura, é preciso contar com alguns equipamentos, como os listados a seguir:

  • leitor de código de barra;
  • leitor de identificação por radiofrequência (RFID);
  • impressoras;
  • etiquetas e outros.

A definição exata de quais desses itens serão utilizados depende diretamente da demanda específica da sua empresa. O leitor de RFID, por exemplo, é o método favorito da maioria dos varejistas, principalmente pela facilidade de uso e a capacidade de agilizar a coleta dos dados.

Em relação à etapa de identificação, a tecnologia envolvida se resume a, basicamente, um software de gestão, como o CRM. Mas onde, afinal, essas soluções são utilizadas?

Como esse método é colocado em prática?

O varejo é, sem dúvidas, um dos grandes beneficiados da captura e identificação de dados. Por isso, existem ferramentas desenvolvidas especificamente para a aplicação do método no setor. Um bom exemplo de eficiência é a Spark, uma solução da Stefanini de ampliação de vendas para o varejo.

Grosso modo, trata-se de uma ferramenta personalizada de relacionamento. De maneira simples, ela integra processos e soluções tecnológicas em uma única plataforma digital, como as de captura e identificação de dados, para agregar valor aos produtos do varejo.

A Spark permite eliminar processos manuais — como o registro de entrada e saída de produtos ou a digitalização dos documentos dos clientes na hora de fazer um cadastro. Além disso, ela promove um relacionamento mais completo com os clientes, permitindo que você faça ofertas personalizadas, por exemplo.

De forma mais ampla, a Spark otimiza todo o contato entre o varejista e seus clientes. Nesse contexto, a coleta de dados é um entre muitos processos que a ferramenta integra em um ambiente simples e fácil de gerenciar.

Quais são, então, as vantagens de adotar esse tipo de solução tecnológica? É o que mostraremos a seguir.

Quais são os benefícios de agilizar a captura e identificação de dados?

Toda mudança em uma empresa, especialmente quando envolve fatores de infraestrutura e método, exige uma avaliação detalhada do seu impacto financeiro. É nesse ponto que se encontra um dos grandes diferenciais de adotar uma solução de captura e identificação de dados.

A redução de custos que essa tecnologia oferece é significativa. Com menos interação humana, o registro dos dados é mais rápido e confiável. Mesmo o custo com mão de obra é menor. Do ponto de vista gerencial, então, os benefícios vão além, já que a coleta dos dados se torna mais precisa.

Vale destacar ainda o impacto no relacionamento com o cliente. Na era da digitalização de processos, é fundamental colocar a tecnologia para trabalhar a seu favor e usar os dados de forma inteligente. Isso significa tomar decisões mais específicas em relação a cada cliente.

Com ofertas personalizadas, a possibilidade de comprar pelo aplicativo e a integração de soluções digitais, sua empresa pode atender às demandas dos clientes com mais eficiência. Em outras palavras, você fideliza o consumidor com mais rapidez.

Mesmo pequenos negócios podem tirar proveito disso, ainda que seus estoques sejam menores. Resumidamente, o método ainda traz as seguintes vantagens:

  • aumenta a produtividade das equipes;
  • ganha tempo para focar em atividades essenciais;
  • aumenta a satisfação dos clientes;
  • otimiza o lucro da empresa;
  • reduz o tempo de entrega;
  • melhora o controle sobre os processos.

Tudo isso, no final das contas, gera um diferencial competitivo importante para a empresa — e as possibilidades de melhoria não param por aí.

Como ferramentas de CRM agilizam o processo?

As novas gerações de consumidores estão cada vez mais exigentes, mesmo em momentos de crise econômica. Logo, é preciso entregar mais que um produto de qualidade. O cliente quer uma experiência boa em todos os sentidos possíveis, desde o primeiro contato até o pós-venda.

A adoção de um CRM pode agilizar ainda mais o processo de vendas, se aliada à captura e identificação de dados. Afinal, a função desse tipo de ferramenta é justamente otimizar a relação entre a estratégia de negócios e as operações comerciais da empresa.

Estamos falando de um sistema que integra os dados coletados aos demais processos de gestão. O controle do estoque se torna mais preciso, e as informações são utilizadas diretamente nas estratégias de vendas: elaboração de ofertas personalizadas, gestão de estoque, cálculo de novos pedidos etc.

São impactos significativos que, seguindo a tendência da transformação digital, integram gradativamente os processos de toda a empresa. Por isso, reveja suas estratégias de gestão e adote ferramentas como a Spark. Com isso, a captura e a identificação de dados serão capazes de trazer resultados cada vez melhores para sua organização.

Se quer saber como isso pode se tornar realidade no seu negócio, entre em contato com a Stefanini e fale com quem é especialista no assunto!

Compartilhe:
Veja mais sobre digital_transformation

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas