Sua empresa precisa de uma assistente virtual inteligente?

16 de Abril de 2019 por Stefanini

Até pouco tempo atrás, as assistentes virtuais inteligentes eram utilizadas apenas em sites especializados, pois ainda não conseguiam chegar a funcionalidades práticas. Com os avanços da TI e da Inteligência Artificial, o cenário mudou abruptamente e o mercado já está implementando e adequando essa ferramenta aos seus negócios.

Neste artigo, você aprenderá tudo o que precisa saber para aproveitar a tecnologia de assistente virtual e a melhor utilização para sua empresa, seja nos setores ou para o autoatendimento, marketing e vendas para seus clientes e fornecedores.

O que é a assistente virtual inteligente?

A assistente virtual é um aplicativo que entende comandos de voz e consegue concluir tarefas para um usuário. As assistentes virtuais estão disponíveis na maioria dos smartphones e tablets, nos computadores tradicionais e, agora, em dispositivos autônomos, como o Amazon Echo e o Google Home.

Eles geralmente respondem com uma voz que você seleciona. Todas as informações são gravadas na nuvem, as perguntas e as respostas, para que o aprendizado ocorra, mas o tempo de resposta da assistente costuma ser de 1 segundo.

A assistente virtual inteligente é projetada para ajudar as pessoas com suas tarefas diárias e gerenciais, entender comandos de voz e, principalmente, realizar ações sem a interação do usuário, retornando as consultas com base nos dados que o próprio usuário inseriu ― por meio do aprendizado de máquina.

Essas assistentes estão disponíveis na maioria dos smartphones, notebooks, tablets e em dispositivos autônomos, que detalharemos nos próximos tópicos.

Como funciona?

Os dispositivos são uma combinação de chips de computador especializados, microfones e softwares que atendem a comandos falados e interagem com os demais equipamentos, como smartphones ou tablets.

Sua capacidade será classificada conforme a aplicação e de acordo com o grau de inteligência e capacidade percebidos, tais como agentes de reflexos simples, agentes reflexivos baseados em modelos, assistentes baseados em objetos, serviços públicos e de aprendizagem de máquina.

Quais são as utilidades para a sua empresa?

Como foram projetados para aprender, esses sistemas resolvem os problemas de seu usuário em tempo real, aumentando a capacidade e a produtividade humana. Legal, não é?

Os robôs estão muito na moda, mas como eles podem ajudar a sua empresa? Confira a seguir!

Organização

Capacidade para organizar os compromissos e tarefas da agenda, gerenciar os e-mails, os eventos do calendário e as listas de tarefas. Também pode ser utilizado para ver o tempo, ouvir música e controlar o acesso à portaria do prédio.

Automação

Ajuda a automatizar a maioria das funções essenciais que o usuário desejar, como pesquisas, identificação de pontos de referência, atualização de uma lista de compras e depois realização dessas compras.

Ambiente colaborativo

Promove e facilita o trabalho em equipe, consolidando-se como um coach invisível ou integrando todos os dados relevantes e exibindo em um chat ao vivo. Deve garantir que a UX (experiência do usuário) nunca seja perturbada.

Omnichannel

Tem a possibilidade de configuração para atuar em todos os canais digitais da empresa, cooperando com a área de atendimento ao cliente e vendas.

Business Intelligence

De acordo com suas preferências e necessidades, o usuário encontra o que precisar — como lojas, hospitais e até um churrasco perfeito! O exemplo é da rede Dickey's, que tem 300 franquias nos EUA e utiliza a assistente para promover vendas.

Esse fator traz uma grande vantagem para o setor de vendas do produto ou serviço da organização, sendo possível realizar campanhas com alta eficiência.

Conversa natural

A assistente virtual inteligente entende e responde a perguntas complexas. Ela reconhece a intenção da consulta, personaliza as respostas com base no contexto e soluciona o problema usando estratégias de conversação em tom natural de voz.

Quais são os principais robôs?

Descreveremos agora um pouco sobre os maiores assistentes do momento: Google Assistant, Alexa (da Amazon), Cortana (da Microsoft) e Siri (da Apple). Acompanhe!

Siri

Siri é a assistente pessoal da Apple controlada por voz, e já existe há vários anos exclusivamente na plataforma iOS.

A Siri tem acesso a todos os outros aplicativos incorporados em seu dispositivo Apple, como Mail, Contatos, Mensagens, Mapas, Safari e outros.

Ela pede a esses aplicativos que apresentem informações ou pesquisem em seus bancos de dados sempre que precisar. Em última análise, Siri faz todo o trabalho por você, utilizando o aprendizado de máquina.

Google Assistant

A assistente do Google fornece uma experiência virtual por meio de uma interface de fala em linguagem natural para executar uma variedade de tarefas. Por exemplo:

  • recupere um resumo da atividade do exercício (ou seja, quilômetros percorridos ou calorias queimadas);
  • verifique as condições de trânsito atuais e siga as instruções de navegação no Google Maps;
  • informe as condições meteorológicas atuais;
  • veja as atualizações sobre seu time de futebol;
  • defina lembretes e alarmes;
  • responda às perguntas por meio da pesquisa do Google;
  • integre a automação residencial com o Google Home ― possibilita a automação e o controle total das residências.

Alexa

O Amazon Echo é um alto-falante acionado por bluetooth que é ativado por voz e, ao se conectar, utiliza a assistente virtual Alexa. Ela é capaz de responder questões, seguir comandos e controlar alguns dispositivos inteligentes da casa.

De receitas culinárias a estatísticas de esportes, Alexa é realmente rápida. Veja algumas possibilidades:

  • o dispositivo é feito para uma experiência excelente em músicas. Escolha entre Spotify ou Amazon Music;
  • é capaz de ler para você os audiolivros do Kindle;
  • funciona com milhares de dispositivos conectados ― luzes inteligentes, termostatos, aparelhos com Wi-Fi, câmeras conectadas e sistema de segurança residencial.

Sophie

A Stefanini tem a Sophie, uma plataforma de Inteligência Artificial totalmente brasileira! Seu foco principal é o atendimento e o processamento de tickets. É extremamente flexível do ponto de vista de integração entre os sistemas legados e da capacidade de compreender contextos, gerando ganhos expressivos no atendimento a processos de negócios.

Ela está sendo utilizada tanto em processos externos ― atendimento ao cliente ―, quanto em internos, como: RH, portais, relacionamento com os fornecedores, atendimento de viagens, entre outros.

Em 2018, em uma parceria com a Caixa Econômica Federal, a Stefanini recebeu o cobiçado prêmio Relatório Bancário, na categoria Autoatendimento, com a case Aixa ― Assistente Virtual Caixa. Trata-se de um portal com atendimento cognitivo que resolve questões internas, consultas e centenas de outras transações.

Cortana

A Cortana funciona melhor usando dados do dispositivo de um usuário, incluindo e-mails e outras comunicações, contatos, localização, histórico de pesquisa e de outros serviços e habilidades da Microsoft ― como aplicativos de terceiros —, que os usuários escolhem para se conectar.

Os usuários podem optar por não compartilhar esses dados com a Cortana, ajustando as permissões para impedir que determinadas informações sejam coletadas — embora essas ações limitem a utilidade da assistente virtual.

Provedores de assistentes virtuais também mantêm políticas de privacidade, que definem como cada empresa usa as informações pessoais. Na maioria dos casos, as empresas não compartilham a identificação do cliente sem o consentimento dele.

Vimos aqui que, por meio da tecnologia da Inteligência Artificial, implementam-se o aprendizado de máquina e o entendimento da linguagem natural. Dessa forma, é possível obter conhecimento específico de um setor ou alimentar a base de clientes com dados comerciais exclusivos, facilitando muito o BI ― Business Intelligence ―, da empresa. As possibilidades são imensas, e essa Indústria 4.0 está apenas começando. Utilize a onda ao seu favor!

E então, gostou de conhecer como uma assistente virtual inteligente realmente funciona? Que tal compartilhar este artigo em suas redes sociais?

Compartilhe:
Veja mais sobre inteligencia_artificial

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas