Grupo Stefanini marca presença no Agile Trends 2022

11 de Abril de 2022 por Stefanini

O modelo ágil é uma abordagem usada para construir um produto ou serviço de uma forma que dê previsibilidade dentro do processo. Assim, é possível corrigir a rota de maneira rápida, quando necessário, a fim de chegar mais próximo ao resultado desejado pelo cliente e atender as demandas com excelência. O Grupo Stefanini, que há mais de 10 anos iniciou seu processo de transformação digital para auxiliar também seus clientes nesta jornada, utiliza e acredita no poder das metodologias ágeis para solucionar problemas de negócios e agregar valor dentro da cultura Customer Centric.

Para compartilhar tendências e cases de agilidade em diferentes perfis de empresas, a multinacional brasileira participará do Agile Trends 2022, que será realizado de 11 a 14 de abril, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo. O Grupo Stefanini, referência em soluções digitais, estará presente em três palestras. A primeira delas será na segunda-feira, às 12h35, no palco 3, com Marcelo Ciasca, CEO da Stefanini Brasil, que falará sobre “Adaptação e futuro: O sucesso de hoje é reflexo de uma longa jornada que nunca se acaba” dentro da trilha Cultura Ágil & Estratégia de Pessoas.

Segundo Ciasca, os maiores desafios de uma empresa para a transformação digital são culturais. “Não se trata de digitalizar a execução das tarefas e desenvolver ambientes virtuais. Para ser completa é fundamental que haja uma mudança de mindset de toda a equipe, criando uma cultura mais inteligente, adaptável e aberta à inovação. O futuro será das corporações ambidestras, aquelas que pensam a inovação para gerar resultados no presente e construir a empresa do futuro”, afirma o CEO da Stefanini Brasil.

A transformação digital é um caminho sem volta para empresas que queiram se manter competitivas no mercado. Realizar essa transformação requer adaptabilidade de todos os envolvidos, seja do ponto de vista tecnológico e operacional, seja na adoção das metodologias de trabalho que possam dar suporte ao cliente do início ao pós-mudança para que as organizações tenham um processo de evolução contínua. “A agilidade não é fim, mas um meio eficiente para desenvolver jornadas que tragam valor ao negócio do cliente”, destaca Renato Sozzi, diretor de Business Agility e Agile Development do Grupo Stefanini.

Fuji: um caso de sucesso

            A Fuji, que aportou no Brasil há mais de 60 anos, decidiu se reinventar e rever sua jornada e estratégia para dar vazão à transformação de seus negócios em parceria com a Gauge, consultoria de inteligência do Grupo Stefanini. Definido o objetivo de apoiar na busca por novas dinâmicas, além de operar e gerar valor ao propósito de negócios da multinacional japonesa, a Gauge iniciou o processo de avaliação pela área comercial e conquistou um alcance muito maior ao entender, com profundidade e precisão, todas as dimensões abrangentes para identificar oportunidades de transformação digital em cada uma delas. Todo esse processo será apresentado na segunda palestra que a multinacional brasileira fará durante o Agile Trends, no dia 12 de abril, às 14h40, na trilha de Transformação, no palco 3.

Na ocasião, Lindauro Junior, diretor de Inovação, Produtos e Serviços da Fujifilm, e Felipe Rodriguez, diretor de Operações e Atendimento da Gauge, abordarão o processo de transformação digital da marca e a utilização de metodologias ágeis para cada dimensão do estudo, que permitiu chegar ao diagnóstico e recomendações (mapeamento e direcionamento de ações). “Dada a iteratividade que um projeto dessa natureza exige, as entregas são realizadas por um time multidisciplinar, pela integração e cooperação entre equipes da Gauge e da Fujifilm, que culminam com os processos de cocriação e por dinâmicas que geram engajamento, além de agregar relevantes valores que inspiram confiança tanto dentro como fora da organização”, explica Felipe Rodriguez.

Jornada Digital na Raízen

No último dia do evento (14/04), o Grupo Stefanini apresentará, às 14h40, o projeto de digitalização dos processos de compra, transação e entrega da Raízen. Na trilha OKRs, Métricas e Indicadores, Gercel Silva, Agile DevOps Senior Solution Manager e Practice Lead da Stefanini, discorrerá sobre o case “Acompanhando a transformação do time de negócios”, em parceria com Luis Rossi, coordenador de Inovação no Lean Agile Center of Excelence (LACE) na Raízen. O princípio básico desse projeto foi a utilização de analytics para a observação dos desafios em cada um dos processos.

“Atualmente, o uso da plataforma digital implementada pela Stefanini compreende 98% dos pedidos de compra e transações de combustíveis no Brasil. Ou seja, a plataforma contempla desde a transação do pedido de combustível até a realização do pagamento. O cliente final também pode acessar a plataforma pelo smartphone para fazer o pagamento no posto de gasolina e incluir benefícios”, explica Gersel.

De acordo com Adão Márcio Brianez, consultor de Business Agility e gerente executivo na Stefanini Brasil, o projeto de transformação digital na Raízen foi realizado de ponta a ponta, o que permitiu desenvolver um ecossistema integrado de negócios para promover a experiência digital.

“No business agility, são trabalhados contextos de entrega de qualidade, experiência do usuário e a necessidade de aplicar melhor o investimento, todos feitos com objetivos estratégicos para agregar e oferecer um valor até maior do que o esperado, pois no agile a entrega não é apenas uma abordagem de processos, mas uma entrega de valor”, complementa Adão.

Sobre a Stefanini

A Stefanini é uma multinacional brasileira com 34 anos de atuação no mercado, que investe em um completo ecossistema de inovação para atender as principais verticais e auxiliar os clientes no processo de transformação digital. Com ofertas robustas e alinhadas às tendências de mercado como automação, cloud, Internet das Coisas (IoT) e User Experience (UX), a empresa vem sendo reconhecida com várias premiações na área de inovação. Atualmente, a multinacional brasileira conta com um amplo portfólio, que mescla soluções inovadoras de consultoria e marketing, mobilidade, campanhas personalizadas e inteligência artificial a soluções tradicionais como Service Desk, Field Service e outsourcing (BPO).

Presente em 41 países, a Stefanini é a quinta empresa transnacional mais internacionalizada, segundo ranking da Fundação Dom Cabral.

Compartilhe:
Veja mais sobre stefanini agile

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas