O que é Pix e como tem revolucionado o sistema financeiro?

30 de Setembro de 2021 por Stefanini

Provavelmente você já sabe o que é Pix, afinal essa é uma solução bancária disponível para pessoas físicas. No entanto, empresas também podem utilizá-lo, obtendo praticamente os mesmos benefícios do usuário convencional.

Entretanto, o Pix ainda é uma solução recente, tendo muito a ser explorado do seu potencial como recurso para receber e enviar dinheiro. Pensando em otimizar essa ação, o Pix veio para proporcionar uma boa experiência de consumo para o cliente, além de diversificar as formas de pagamento.

Avance então na leitura e descubra como fazer do Pix seu grande aliado!

O que é Pix?

Pix é uma plataforma eletrônica de transferências bancárias. Desenvolvido e lançado pelo Banco Central do Brasil (BC) em novembro de 2020, desde então ele vem sendo considerado como o futuro dos pagamentos.

Não é para menos, afinal, o Pix já chegou desbancando as opções até então disponíveis, o TED e o DOC. Isso porque, como veremos mais à frente, ele apresenta uma série de características vantajosas, algumas das quais podendo ser consideradas revolucionárias. A propósito, a primeira delas é o próprio mecanismo de funcionamento que vamos conhecer agora. Acompanhe!

Como funciona?

A aplicação da tecnologia no setor financeiro é responsável por mudanças que, durante muito tempo, sequer eram imaginadas.

Os bancos digitais, nesse sentido, são os grandes responsáveis pela reviravolta do setor, graças ao seu modelo de negócios baseado na economia de escala. É a partir desse movimento que o Pix foi desenvolvido pela maior instituição financeira do país, responsável por controlar todo nosso sistema bancário.

Seu funcionamento é 100% eletrônico e digital, ou seja, o Pix só pode ser operado por meio de internet banking ou aplicativos online. Uma vez conectado, o cliente acessa a área do app reservada, bastando apenas inserir a chave Pix do destinatário para enviar dinheiro.

Quais as suas características?

A operação do Pix só é possível por meio de uma conexão com a internet, logo, não se pode utilizá-lo em ambientes offline. Sendo assim, bancos e financeiras precisam se cadastrar no BC para oferecê-lo como solução.

Para o cliente, uma característica importante é que o Pix dispensa a inserção de dados bancários para realizar transferências. Tudo o que você precisa é da chave do destinatário, que pode ser:

·         número do celular;

·         CPF;

·         e-mail;

·         chave aleatória.

Outra característica importante do Pix é que ele permite também fazer pagamentos e cobranças via QR Code. Quem vende online, por exemplo, pode até cadastrar códigos personalizados para produtos e serviços específicos, facilitando assim o controle de pagamentos.

Quais vantagens oferece?

A digitalização dos bancos veio para ficar e o Pix é, sem dúvida, um tremendo avanço para o sistema bancário brasileiro, já que é totalmente digital.

No entanto, assim como outros serviços oferecidos pelos bancos digitais, o Pix apresenta benefícios consideráveis, tanto para pessoas físicas quanto para empresas.

Então, se você está à frente de um negócio, não deixe de incluí-lo entre suas modalidades de pagamento. E se você ainda não tomou uma decisão, veja a seguir que vantagens você deixaria de aproveitar sem essa alternativa.

Custo zero

Os bancos digitais trouxeram para o mercado um dos avanços mais festejados pelos brasileiros, a tarifa zero para transferências, não importa o valor. Até a chegada do Pix, os bancos convencionais não tinham como competir nesse novo cenário, já que neles as movimentações financeiras eram sempre tarifadas.

Dessa forma, a nova plataforma do BC expandiu a gratuidade nos serviços financeiros, agora disponível até nas instituições financeiras mais tradicionais. Vale destacar que o Pix não aboliu as opções TED e DOC, que continuam a existir.

No entanto, a tendência é que eles caiam em desuso, pelo menos para as operações do dia a dia e entre instituições financeiras brasileiras. Afinal, quem é que se dispõe a pagar cerca de R$ 10,00 apenas para fazer uma simples transferência, quando se pode realizá-la totalmente grátis?

Transações instantâneas

Outro incrível avanço que chega junto com o Pix é a instantaneidade das transações. Nos obsoletos TED e DOC, a transferência de valores leva 24 horas para ser liquidada.

Já na nova plataforma, o dinheiro cai instantaneamente, já que a operação leva, no máximo, 10 segundos para ser concluída. Para quem recebe, é uma tremenda mão na roda, já que o dinheiro fica disponível imediatamente. Para quem paga, fica a certeza de que poderá usufruir de bens, produtos e serviços em muito menos tempo.

24 horas por dia

Outro problema das antigas plataformas de transferências bancárias é que, em finais de semana e feriados, elas não estão disponíveis.

Esse é mais um problema que acaba com o Pix, já que ele está sempre online, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Uma notícia muito bem-vinda para quem trabalha não só nos dias úteis como em feriados, sábados e domingos.

Portabilidade

Digamos que você tenha mais de uma conta bancária com chaves Pix cadastradas e, por algum motivo qualquer, você decide não usar mais uma dessas contas. Nesse caso, a chave Pix pode ser transferida para a conta que você pretende utilizar, pelo procedimento conhecido como portabilidade.

Dessa forma, tal como os números de telefone celular podem ser transferidos de um chip para outro ao mudar de operadora, o mesmo pode ser feito por meio dessa solução para o Pix.

Quais as últimas novidades?

No banco do futuro, os meios de pagamento são ágeis e onipresentes, ou seja, podem ser utilizados em múltiplas plataformas. Um bom exemplo disso é o que está fazendo o Nubank, que recentemente anunciou a opção de pagamento via Pix para e-commerce, por meio da plataforma Spin Pay.

A segurança também é um aspecto fundamental e, por isso, recentemente o BC anunciou opções para os usuários bloquearem horários e limites de valores para transferências.

Que diferenças tem para pjs?

Embora gratuito, há bancos que cobram taxas para a realização de Pix por empresas. Isso porque o BC faculta a cada instituição financeira estipular taxas que considerem adequadas, então, vale ficar atento na hora de escolher o banco para não ser surpreendido.

Como implantar no dia a dia da empresa?

Para utilizar o Pix, tudo o que você precisa é ter acesso ao internet banking com a conta bancária da sua empresa. Uma vez online, busque pela opção Pix e, nela, a opção cadastro de chave. O processo pode ser concluído em poucos segundos e você já fica habilitado na hora para movimentar dinheiro.

Agora que você já sabe o que é Pix, não deixe de ficar por dentro das últimas novidades do mundo digital. Para isso, siga a Orbitall Payments no LinkedIn e Instagram!

Compartilhe:
Veja mais sobre pix0 Orbitall payments

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

testetetetete

testete

tatetadata

teste

tstete

aaaaaaaaaaaaaaaaa

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

Experience

Experience

testetetetete

Cyber Security

Cyber Security

testete

Machine Intelligence

Machine Intelligence

tatetadata

Enterprise Hosting

Enterprise Hosting

teste

Consulting

Consulting

tstete

IT Strategy

IT Strategy

aaaaaaaaaaaaaaaaa