Guia de 8 passos para identificar se você está pronto para transformação

29 de Outubro de 2020 por Stefanini

A transformação digital vai além da adoção de tecnologias. É preciso saber que essa decisão também acarreta outras mudanças, como a da cultura organizacional, dos processos e do modelo de negócio. Isso significa que apenas ter um site, investir em redes sociais e trabalhar com softwares não provoca o verdadeiro significado de transformação na empresa.

O assunto, apesar de já ser discutido há tempos, ainda merece atenção. Afinal, cada vez mais as empresas têm se dedicado a colocá-lo em prática. A recente pandemia do coronavírus, inclusive, levou muitos negócios a acelerarem tal investimento. Só para se ter uma ideia, um levantamento identificou que 70% dos negócios aumentaram ou mantiveram a dedicação em recursos tecnológicos no período.

Não é para menos. As inovações dão um diferencial à empresa, melhoram a experiência do cliente e entregam resultados robustos à organização. Contudo, já que não basta apenas adotar tecnologia, como identificar se a empresa está pronta para a transformação digital?

Conversamos com André Luiz Pereira Correa, Cloud Executive Manager da Stefanini, que contribuiu com alguns insights sobre o assunto. Confira!

1. Reconheça os objetivos da organização

Sem estratégias e planejamento, dificilmente o negócio conseguirá bons resultados apenas com recursos tecnológicos. Assim, um dos primeiros passos é identificar os objetivos da organização. Aonde ela quer chegar? Qual tipo de sucesso almeja? Em quanto tempo deseja que isso aconteça?

É olhando o alvo que temos mais chance de acertá-lo. O reconhecimento dos objetivos também facilita a identificação de prioridades, de modo que se descubra quais soluções nos apresentam mais chances de trazer os efeitos esperados.

2. Compreenda as demandas do mercado

Não se adequar às necessidades do mercado é correr o risco de desaparecer. Portanto, nesse ponto é preciso avaliar: o quanto você acompanha as mudanças do ambiente externo à empresa? Sabe dizer quais das inovações têm sido adotadas pelos principais concorrentes? Existe alguma falha no que eles entregam aos consumidores que conseguiria suprir?

Para André Luiz, analisar tudo isso também implica aproveitar oportunidades e não perder o timing de se conectar ao público. “Falamos de uma era digital, em que informações estão totalmente disponíveis. Se surge uma chance de investimento, é preciso aproveitá-la rápido. Isso é sobrevivência e os primeiros a surfarem nessa onda colherão os frutos”, afirma.

3. Considere as necessidades do consumidor

Por muito tempo processo e produto foram considerados os pilares de uma empresa. Com o passar dos anos, os negócios começaram a entender que colocar o cliente no centro para guiar as ações é a melhor forma de entregar soluções valiosas — e, com isso, obter ótimos resultados. “É preciso entender o que o cliente deseja. Quando identificamos isso, fica mais fácil saber aonde queremos chegar, para, assim, avaliar quais serão os investimentos”, explica o Cloud Executive Manager da Stefanini.

Além do mais, uma mudança que não prioriza as necessidades do consumidor corre o risco de se tornar irrelevante, levando a empresa a ter mais custos do que o previsto. Por mais que existam boas inovações dentro da indústria 4.0, devemos ter em mente que nem todas serão úteis ao negócio.

4. Entenda que é realmente preciso investir

Com o mundo mudando, não dar valor à transformação digital é ficar para trás. Provavelmente, você já ouviu essa frase antes, não é mesmo? Entretanto, no quanto você verdadeiramente acredita nela?

Uma das principais vantagens das inovações digitais é a melhoria na experiência do cliente. Hoje, não bastam produtos e serviços de qualidade. Devemos ultrapassar as expectativas e proporcionar sensações positivas durante todo o processo de compras.

5. Não espere o momento perfeito

O pensamento de ter que esperar o momento certo, muitas vezes, é contraprodutivo. Ser muito perfeccionista apenas impedirá o negócio de alcançar os objetivos. Aqui, o mais importante é dar o primeiro passo.

Eu diria que não há o momento ideal, porque se você tiver sanado tudo, já perdeu o timing. Uma solução cloud está aqui justamente para mitigar esse risco, pois permite ajustes rápidos, sem a necessidade de grandes investimentos”, considera André Luiz.

6. Não veja a TI como um simples suporte ao negócio

Qual o significado da TI dentro da empresa? “Ela não deve ser vista como suporte. Ao contrário, é parte do processo, para que a empresa consiga gerar valor ao cliente”, opina o especialista em cloud. Isso implica também não ter esse setor como apenas uma necessidade pontual. Ele merece estar imerso na organização e fazer parte do dia a dia dos processos.

Ter uma parceria permanente com a empresa fornecedora da tecnologia tende a ser mais estratégico, por exemplo. É um jeito de contar com profissionais que já estão por dentro do negócio e que podem fornecer insights constantes e poderosos.

7. Considere o mindset da empresa

Além dos pontos citados, André Luiz chama atenção para um dos principais requisitos que levam a entender se o negócio está pronto para a transformação — a capacitação e o mindset dos colaboradores. “Muitas vezes, a empresa investe em tecnologia e o gestor se sente confiante de que precisa disso. Só que nem sempre a equipe está pronta em entregar o que o mercado requer”, alerta.

Assim, ao investir em soluções de cloud, por exemplo, é essencial saber quais habilidades são vitais nos colaboradores. “O profissional precisa ter uma visão generalista, pois estará exposto a uma gama de produtos. Por isso, é fundamental investir em um ciclo de alimentação de conhecimento. Na Stefanini Cloud University, temos esse processo de transformação”, reforça.

8. Saiba que a Stefanini quer participar da transformação digital da sua empresa

Por último, é crucial avaliar se você está por dentro do que as principais fornecedoras de tecnologia podem entregar. Na Stefanini, temos o objetivo de ajudar na transformação digital dos negócios. Somos a favor de criar um mundo cada vez mais disruptivo, com soluções facilitadoras, colaborativas e customizadas.

Em nosso trabalho, realizamos imersões de análises diagnósticas e necessidades digitais, de modo a descobrir gaps e entregar soluções adaptadas. Além disso, ajudamos na avaliação dos resultados e acompanhamos o mindset dos colaboradores, proporcionando, assim, um atendimento de ponta a ponta.

Enfim, a transformação digital não é mais questão de escolha, mas de sobrevivência. Ao mesmo tempo, você deve estar a postos e saber identificar as inovações que suprem as maiores demandas. A Stefanini conta com um robusto ecossistema digital, por isso, é capaz de entregar diversas soluções, como cloud, Inteligência Artificial, machine learning e squads virtuais.

Então, como está a realidade do seu negócio em relação à transformação digital? Caso precise de nossa ajuda, é só entrar em contato!

Compartilhe:
Veja mais sobre

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

O COVID-19 deixou claro que precisamos nos adaptar rapidamente à nossa nova realidade e com agilidade.

Saiba mais

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais

Embora a resposta de cada setor ao COVID-19 tenha sido diferente, universalmente, os setores estão reformulando a maneira como fazem negócios por meio da interrupção digital.

Saiba mais

O impacto do COVID-19 criou uma situação em que a necessidade do local de trabalho digital é crucial, pois grande parte da força de trabalho está sendo acelerada para atuar como nômades digitais funcionais.

Saiba mais

O COVID-19 criou condições nunca antes vistas, introduzindo cenários em constante mudança.

Saiba mais

Compreender os riscos de ter aplicativos, páginas da Web ou servidores vulneráveis ​​é muito importante para sua estratégia de gerenciamento de riscos.

Saiba mais

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

Necessidades Digitais

Necessidades Digitais

O COVID-19 deixou claro que precisamos nos adaptar rapidamente à nossa nova realidade e com agilidade.

Saiba mais
Construindo Negócios Resilientes

Construindo Negócios Resilientes

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais
Reformatando Indústrias

Reformatando Indústrias

Embora a resposta de cada setor ao COVID-19 tenha sido diferente, universalmente, os setores estão reformulando a maneira como fazem negócios por meio da interrupção digital.

Saiba mais
Cloud Now

Cloud Now

O impacto do COVID-19 criou uma situação em que a necessidade do local de trabalho digital é crucial, pois grande parte da força de trabalho está sendo acelerada para atuar como nômades digitais funcionais.

Saiba mais
Hyper Automation

Hyper Automation

O COVID-19 criou condições nunca antes vistas, introduzindo cenários em constante mudança.

Saiba mais
Cyber Security Plug & Play

Cyber Security Plug & Play

Compreender os riscos de ter aplicativos, páginas da Web ou servidores vulneráveis ​​é muito importante para sua estratégia de gerenciamento de riscos.

Saiba mais