Por que a sua empresa de varejo devem migrar para e-commerce?

08 de Setembro de 2020 por Stefanini

Atualmente, migrar para e-commerce é uma estratégia fundamental para as empresas manterem seu espaço no mercado. Afinal, os hábitos de consumo das pessoas mais uma vez estão mudando, com uma tendência forte para as compras online.

Porém, muitos ainda veem essa migração como complicada, tem dúvidas sobre ela e a estrutura necessária para vender na internet. Alguns não têm certeza se o seu produto ou serviço é atrativo para o público conectado.

Pensando nisso, conversamos com Nelson Duarte Soares, Head of Digital Retail and Logistics da Stefanini, para que ele esclarecesse a importância de fazer essa migração, as vantagens dela e como tornar esse processo mais simples. Continue lendo e veja como se adequar ao novo normal.

O varejo digital é uma tendência de mercado

Em 2010 o e-commerce faturou R$ 14,8 bilhões. Em 2019, mesmo sendo um momento de crise, o setor conseguiu faturar R$ 75,1 bilhões. Ou seja, em nove anos o rendimento das empresas no meio digital aumentou mais de cinco vezes.

Para 2020 eram esperados números positivos, mas com a pandemia da Covid-19 os resultados vêm superando as expectativas. O primeiro semestre do ano encerrou com alta de 145% nas vendas em comparação com o mesmo período de 2019.

Assim, se antes o varejo digital se caracterizava como tendência de mercado pelo grande número de pessoas conectadas e fazendo compras online, agora essa tendência foi acelerada pela crise do coronavírus.

Nelson Duarte explica que, com a pandemia, “os e-commerces estouraram de vez. O número de e-commerces cresceu muito em relação aos meses anteriores. Ter uma estratégia digital, hoje, se mostrou mais do que uma necessidade”.

Muitas empresas já perceberam essa transformação, por isso, a quantidade de marcas negociando na internet aumentou expressivamente. Em 2018 as lojas virtuais ativas somavam 675 mil. Em 2019, subiram para 930 mil, considerando apenas os números brasileiros.

Portanto, estar presente no meio digital é uma questão de sobrevivência para as empresas. "Esse quadro que a gente vê em termos de e-commerce, também impulsiona as ações dos varejistas para serem mais competitivos", explica Nelson.

A migração para e-commerce é urgente

Apesar dos desafios da pandemia, alguns aspectos positivos impactaram o comércio eletrônico. Segundo Nelson, “o primeiro ponto foi que o consumidor descobriu que dá para fazer as coisas de forma digital. Então, pessoas que não compravam por e-commerce vão começar a comprar, ou melhor, já estão comprando e vão preservar esse hábito”.

Essas mudanças que estamos vendo durante a crise do coronavírus não são momentâneas. A tendência é de que a transformação digital  continue no pós-pandemia, o que aponta para a necessidade de migrar para e-commerce.

É verdade que as vendas online tendem a reduzir com o afrouxamento do distanciamento social, já que o consumidor terá a opção das lojas físicas. Sobre isso, Nelson explica que as vendas não vão se manter em um patamar tão alto, mas continuam sendo uma boa estratégia pós-pandemia.

Se a gente puder colocar numa escala de 0 a 10, as vendas online estavam num índice 3 antes da pandemia, agora, foram para 7 e não vão voltar para o índice 3. No máximo vão cair para nível 5”. Isso porque, como explicamos, os hábitos adquiridos tendem a permanecer após o relaxamento do distanciamento social.

Nelson esclarece que o aumento das vendas vai se perpetuar por causa dos novos clientes digitais que foram criados. Então, esse é o momento de marcar presença na internet, cativar as pessoas que estão fortalecendo o hábito das compras online e atrair aquelas que descobriram agora esse universo.

Para ilustrar um pouco mais, ainda com relação ao crescimento das vendas no primeiro semestre de 2020, os 27 estados brasileiros registraram um aumento nas compras por e-commerce e 17 ficaram acima da média nacional, registrada em 137%.

As regiões Norte e Nordeste merecem destaque. No Acre houve um aumento de 951%; no Rio Grande do Norte 416%, sendo que esse mesmo estado teve o maior aumento de novas lojas virtuais, registrado em 400%. Com a concorrência migrando em massa para a internet você não pode ficar para trás.

Crise também afeta grandes marcas

Migrar para e-commerce é uma necessidade que atinge empresas de todos os portes. Durante a pandemia tivemos exemplos do quanto isso é fundamental para a sobrevivência de um negócio, afinal, grandes marcas foram impactadas.

A Zara, por exemplo, sofreu um colapso em suas vendas e precisou fechar 1.200 lojas na Europa e na Ásia. A franquia responsável pela Pizza Hut não conseguiu sobreviver, o mesmo que aconteceu com a Hertz, tradicional em aluguel de carros.

Houve uma corrida para se adaptar e muitas empresas tiveram sucesso. Foi o caso da Unidas, que teve grande parte das receitas dizimada, mas conseguiu se adequar investindo em canais digitais. A MRV seguiu a mesma linha, se beneficiando com a venda de imóveis em plataformas digitais.

A presença digital não precisa ser complicada

Um dos motivos para muitos varejistas não estarem na internet é a crença de que migrar para e-commerce é complexo e custoso, mas os projetos de inovação não precisam ser complicados. Existem diversos recursos para facilitar esse processo.

De toda forma, não basta apenas colocar produtos para vender online. Nelson aponta como dica principal o planejamento para definir sua estratégia e a melhor forma de estar presente na internet.

Alguns criam sua própria loja virtual estruturando um negócio do zero, mas dependendo da realidade de cada empresa, pode ser melhor aderir ao marketplace. Ele funciona como uma grande vitrine para o lojista vender utilizando a plataforma de um terceiro.

O mais importante é utilizar ferramentas que permitam uma migração sem problemas para as negociações. Então, precisamos pensar em escalabilidade para estruturar o e-commerce a fim de atender diferentes demandas.

3 vantagens de migrar para e-commerce

Se o varejo offline terá uma boa retomada depois que tudo passar, por que investir em visibilidade digital? A seguir mostramos as vantagens da migração para o online explicando como isso pode contribuir com o sucesso do seu negócio.

1. Custos reduzidos

Sabia que vender pela internet gera menos gastos? De acordo com o Nelson, “a razão pela qual o e-commerce vai continuar num nível alto é o baixo custo/redução de custos que existe numa venda online em comparação com as lojas físicas”, por isso, essa é a primeira vantagem de vender pelos canais online.

2. Aumento das vendas

Essa elevação nas compras via canais online, não apenas via e-commerce, é benéfica no sentido de trazer realmente o ‘novo normal’ na sua forma positiva, em termos de resultados para as empresas”, explica o especialista. Então, você pode vender mais estando na internet, pois alcança um público maior.

3. Praticidade no dia a dia

Migrar para e-commerce deixa sua loja aberta 24 horas, sempre à disposição dos clientes. É mais prático para eles fazerem compras e para você, no dia a dia de trabalho. Afinal, pode acompanhar seu negócio onde estiver, sem se preocupar em manter portas abertas.

A Stefanini é a melhor parceira digital

Nelson enfatiza que para ser mais competitivo no e-commerce é preciso que toda a cadeia funcione adequadamente. Então, na hora de fazer essa adequação é importante contar com uma boa parceria, que ofereça soluções adequadas à necessidade do seu negócio.

A Stefanini é a parceira ideal porque, de acordo com o especialista, conta com a riqueza de trabalhar com diferentes ventures que atuam em momentos distintos da jornada do cliente. Entre elas Gauge e W3Haus, além de parceiros de tecnologia em plataformas e-commerce.

Por isso, traz soluções para garantir uma boa experiência com base na jornada do cliente, instrumentalizar o e-commerce e automatizar os processos necessários, sempre com suporte para implementar e metrificar os resultados alcançados.

São soluções logísticas, canais de atendimento, assistentes virtuais, entre muitos outros. O foco da Stefanini é garantir competitividade mantendo a humanização dos processos, como Nelson ressaltou, focando em pessoas enquanto pessoas, sejam elas clientes, parceiros, fornecedores, colaboradores e a sociedade de forma geral.

Migrar para o e-commerce com a Stefanini proporciona um processo simplificado, automatizado e adequado às necessidades do seu negócio, sempre mantendo parceria com você, que mais do que ninguém conhece sua empresa e sabe dos resultados que deseja alcançar. Você almeja, a Stefanini entrega.

Confira as soluções que temos à disposição da sua empresa. Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar seu negócio a prosperar na internet!

Compartilhe:
Veja mais sobre

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

O COVID-19 deixou claro que precisamos nos adaptar rapidamente à nossa nova realidade e com agilidade.

Saiba mais

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais

O impacto do COVID-19 criou uma situação em que a necessidade do local de trabalho digital é crucial, pois grande parte da força de trabalho está sendo acelerada para atuar como nômades digitais funcionais.

Saiba mais

O COVID-19 criou condições nunca antes vistas, introduzindo cenários em constante mudança.

Saiba mais

Compreender os riscos de ter aplicativos, páginas da Web ou servidores vulneráveis ​​é muito importante para sua estratégia de gerenciamento de riscos.

Saiba mais

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

Necessidades Digitais

Necessidades Digitais

O COVID-19 deixou claro que precisamos nos adaptar rapidamente à nossa nova realidade e com agilidade.

Saiba mais
Construindo Negócios Resilientes

Construindo Negócios Resilientes

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais
Reformatando Indústrias

Reformatando Indústrias

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais
Cloud Now

Cloud Now

O impacto do COVID-19 criou uma situação em que a necessidade do local de trabalho digital é crucial, pois grande parte da força de trabalho está sendo acelerada para atuar como nômades digitais funcionais.

Saiba mais
Hyper Automation

Hyper Automation

O COVID-19 criou condições nunca antes vistas, introduzindo cenários em constante mudança.

Saiba mais
Cyber Security Plug & Play

Cyber Security Plug & Play

Compreender os riscos de ter aplicativos, páginas da Web ou servidores vulneráveis ​​é muito importante para sua estratégia de gerenciamento de riscos.

Saiba mais