Descubra o que é TI Verde e como aplicá-la!

09 de Abril de 2021 por Stefanini

Ninguém discute que o avanço da tecnologia traz benefícios em todos os sentidos. Em contrapartida, a TI Verde é a abordagem que vem para responder aos desafios que surgem em função desse avanço — com destaque para os impactos ambientais.

Nesse aspecto, o principal deles está relacionado ao consumo de energia elétrica. Segundo o Global Energy Statistic Yearbook 2020, da Enerdata, o consumo de eletricidade no mundo mais do que dobrou nos últimos vinte anos.

Considerando que cada vez mais pessoas e empresas compram equipamentos e dispositivos eletrônicos, a tendência aponta para índices ainda mais altos no futuro. Sendo assim, empresas e profissionais de tecnologia têm pela frente uma grande responsabilidade.

É preciso seguir em frente sem que isso implique agressão aos ecossistemas naturais. E a sua empresa, será que está pronta para aceitar esse desafio? Prossiga na leitura e saiba como se posicionar!

O que é a TI Verde?

A TI Verde é uma tendência na qual empresas que utilizam recursos tecnológicos assumem os impactos causados por eles nos ambientes em que estão inseridas. É a mesma pegada de sustentabilidade usada por empresas do segmento industrial há alguns anos, agora traduzida para o segmento de tecnologia.

Dessa forma, toda e qualquer empresa que faça uso intensivo de computadores em rede, servidores e equipamentos eletrônicos e digitais deve estar pronta para fazer sua parte. Afinal, máquinas geram impactos na sua produção, no consumo de energia, em matérias-primas e geram rejeitos que serão lançados na natureza.

Por que aplicá-la na sua empresa?

A TI Verde, portanto, vem para trazer respostas a essas e outras questões em que tecnologia e meio ambiente estão “linkadas”. Além do consumo de energia, há o uso de insumos extraídos da natureza para a produção de dispositivos eletrônicos, que é a base de toda a Tecnologia da Informação (TI).

Nesse sentido, vale destacar o consumo crescente de semicondutores, que, a partir de 1998, deu um salto gigantesco em nível global. Isso é o que aponta um estudo da Universidade de Toulouse. Esse tipo de material, uma vez lançado em rios e mananciais, é extremamente tóxico.

Por isso, representa uma séria ameaça aos biomas em geral. Portanto, adotar estratégias e políticas focadas em TI Verde é a melhor maneira de evitar as desastrosas consequências do consumo de equipamentos eletrônicos sem controle.

Quais são os passos necessários para essa implementação?

Na abordagem baseada em Green IT, como também é conhecida, a empresa adota processos mais inteligentes não só em seus negócios, como ao gerir seu inventário de equipamentos e o seu descarte.

Por outro lado, isso significa seguir algumas etapas indispensáveis e recomendações no sentido de favorecer as boas práticas de consumo sustentável. Vamos conhecer algumas delas a seguir!

Criar ambientes com foco em sustentabilidade

Embora a questão ambiental ainda preocupe, a transição energética já é uma realidade. Nesse movimento, a humanidade vai deixando gradativamente modelos baseados em fontes não renováveis e com alta emissão de carbono para outros mais limpos.

Por isso, uma das primeiras medidas ao entrar de vez na era da TI Verde é fomentar na empresa a criação de setores, ambientes e operações com pegada reduzida de carbono — ou, se possível, zerada nesse quesito.

Controlar a emissão de carbono

A posição da empresa relativa à TI Verde diz muito sobre sua credibilidade. Logo, é fundamental estabelecer um ponto de referência da redução de carbono. Para isso, verifique o uso de energia em seu setor de TI e compare-o com os padrões e métricas de eficiência de energia existentes.

Entretanto, esse tipo de controle deve ser feito por profissionais qualificados. Sendo assim, busque estruturar um comitê a fim de monitorar e garantir que os planos “verdes” da empresa sejam cumpridos por todos os membros.

Vale destacar que uma das tarefas mais importantes em que esse comitê de TI Verde deve se concentrar é a aquisição de infraestrutura com eficiência energética. Uma de suas funções é assegurar que a base tecnológica da empresa atenda a todos os critérios e exigências legais de proteção do meio ambiente.

Adaptar a empresa à legislação ambiental

Por falar em legalidade, outro passo essencial é ajustar as operações da empresa ao que dizem as normas ambientais. Assim, é fundamental conhecer mais a fundo a Política Nacional de Resíduos Sólidos, cuja responsabilidade pela aplicação cabe ao IBAMA.

Preferir aplicativos mais eficientes

Tal como há eletrodomésticos e carros mais eficientes energeticamente, o mesmo vale para os hardwares e softwares. Um software mais rápido evita que os servidores operem na capacidade máxima, consumindo menos energia. Dessa forma, a racionalização dos recursos em TI poderá ter um efeito positivo em relação ao uso de energia e nas emissões de carbono, que passam a ser menores.

Investir em sistemas de refrigeração

Um sistema superaquecido é, necessariamente, um sistema que consome mais energia. Então, para reduzir o consumo energético de seus equipamentos, invista em sistemas de resfriamento suplementares, que podem ser instalados entre as fileiras de servidores no data center, caso sua empresa conte com um. O mesmo se aplica aos ambientes em que haja muitos computadores em funcionamento.

Avaliar o ciclo de vida de dispositivos e acessórios

Considere o ciclo de vida estimado para os hardwares em seu setor de TI. Será que eles podem ser reciclados? De quanto tempo é a sua vida útil? Sejam quais forem suas respostas, avalie os benefícios ambientais que podem vir do descarte de equipamento usado.

Em certos casos, é mais vantajoso para o meio ambiente se livrar de computadores que consomem muito ou que ficam obsoletos com mais rapidez. Na hora de repor, prefira hardwares que sejam energeticamente mais eficientes e fabricados tendo em vista as boas práticas de descarte.

Quais são os principais benefícios da TI Verde?

A transformação digital está a todo vapor e, assim como a revolução industrial do século 18, ela também cobra seu preço junto ao meio ambiente. Por isso, é dever de todas as empresas que estão usufruindo desse avanço implementar boas práticas em suas atividades para garantir que o planeta não saia perdendo.

Você conheceu neste conteúdo o que é TI Verde, seu significado e alguns exemplos de medidas para sua implementação. Aposte nessa ideia e veja seu negócio apresentar resultados melhores. O meio ambiente agradece!

Aproveite e siga nossas páginas no Facebook, LinkedIn e Twitter para receber conteúdos em sua timeline. Não deixe também de se inscrever no nosso canal no Youtube.

Compartilhe:
Veja mais sobre

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

O COVID-19 deixou claro que precisamos nos adaptar rapidamente à nossa nova realidade e com agilidade.

Saiba mais

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais

Embora a resposta de cada setor ao COVID-19 tenha sido diferente, universalmente, os setores estão reformulando a maneira como fazem negócios por meio da interrupção digital.

Saiba mais

O impacto do COVID-19 criou uma situação em que a necessidade do local de trabalho digital é crucial, pois grande parte da força de trabalho está sendo acelerada para atuar como nômades digitais funcionais.

Saiba mais

O COVID-19 criou condições nunca antes vistas, introduzindo cenários em constante mudança.

Saiba mais

Compreender os riscos de ter aplicativos, páginas da Web ou servidores vulneráveis ​​é muito importante para sua estratégia de gerenciamento de riscos.

Saiba mais

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

Necessidades Digitais

Necessidades Digitais

O COVID-19 deixou claro que precisamos nos adaptar rapidamente à nossa nova realidade e com agilidade.

Saiba mais
Construindo Negócios Resilientes

Construindo Negócios Resilientes

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais
Reformatando Indústrias

Reformatando Indústrias

Embora a resposta de cada setor ao COVID-19 tenha sido diferente, universalmente, os setores estão reformulando a maneira como fazem negócios por meio da interrupção digital.

Saiba mais
Cloud Now

Cloud Now

O impacto do COVID-19 criou uma situação em que a necessidade do local de trabalho digital é crucial, pois grande parte da força de trabalho está sendo acelerada para atuar como nômades digitais funcionais.

Saiba mais
Hyper Automation

Hyper Automation

O COVID-19 criou condições nunca antes vistas, introduzindo cenários em constante mudança.

Saiba mais
Cyber Security Plug & Play

Cyber Security Plug & Play

Compreender os riscos de ter aplicativos, páginas da Web ou servidores vulneráveis ​​é muito importante para sua estratégia de gerenciamento de riscos.

Saiba mais