Cultura ágil: saiba o que é e como implementá-la!

03 de Fevereiro de 2021 por Stefanini

Atualmente, implantar ferramentas metodológicas é a melhor maneira de gerir projetos e equipes. Logo, se estiver à procura de técnicas para administrar seus processos e garantir entregas de qualidade, a cultura ágil é uma ótima alternativa.

Ela favorece um melhor alinhamento entre os profissionais envolvidos, a fim de difundir conhecimentos e mensagens mais transparentes, garantindo a busca pelo mesmo objetivo. Tudo para otimizar as atividades de rotina e elevar a eficiência operacional.

Para ajudar você a ficar por dentro do tema, criamos este artigo. Nele, você saberá tudo que precisa sobre a cultura ágil e como implementá-la na sua companhia!

O que é cultura ágil?

É uma série de hábitos e ações que buscam fortificar a metodologia ágil dentro das organizações. Esses métodos garantem eficiência, flexibilidade e rapidez no gerenciamento de diversas demandas (projetos, processos e gerenciamento de pessoal) a fim de desburocratizar atividades e aumentar a produtividade geral.

Em suma, a cultura ágil organiza as coisas e cria uma nova conduta de trabalho. Para isso, é preciso firmar entre os profissionais as novas condutas para que possam trabalhar na geração de valor e na extinção de desperdícios. Esse conhecimento faz ainda com que a instituição se torne adaptativa, ou seja, a deixa mais preparada para lidar com os estímulos do segmento onde ela se situa.

Isso acontece graças ao uso de metodologias inovadoras por parte dos funcionários, deixando-os mais maleáveis à solução de demandas e problemas. As funções passam as ser exercidas de maneira horizontal e colaborativa — todos têm consciência do ofício do outro.

Quais são as características de uma cultura ágil?

Esse tipo de cultura engloba metodologias que visam acelerar o ritmo das atividades de criação, execução e adaptabilidade. Frente as operações tradicionais, muitas vezes apontadas como burocráticas e pouco eficientes, existem diversas modalidades ágeis. Além da rapidez, outras características são:

  • adaptabilidade;
  • colaboração;
  • equipes reduzidas, mas com alto nível;
  • feedbacks constantes;
  • processo incremental;
  • simplicidade.

As metodologias ágeis mais utilizadas nas empresas são:

  • Kanban;
  • Lean;
  • Scrum;
  • Dynamic System Development Model (DSDM);
  • Microsoft Solutions Framework (MSF).

O Scrum é o mais popular da atualidade, pois fraciona projetos em pequenos ciclos, denominados sprints. Funciona assim: é feito um planejamento no início de cada sprint a fim de definir detalhes sobre alocações (de pessoas e recursos) e execuções. Durante sua realização são feitos ajustes de rotina por meio de reuniões rápidas. Aqui, o objetivo é trocar conhecimentos sobre o que foi feito no dia anterior, detectar gargalos e possíveis mudanças de foco.

Ao finalizar cada sprint, ocorre uma revisão, onde os envolvidos apresentam o que foi realizado por meio de uma retrospectiva para prosseguir com o próximo sprint.

Como implementar na empresa?

A implementação deve seguir alguns pontos valiosos para que obtenha sucesso. Veja as recomendações a seguir.

Tenha em mente as principais características da cultura ágil

Essa premissa apresenta elementos fundamentais que precisam ser considerados por todos os líderes e colaboradores:

  • investir em ações e qualificações para lapidar o time;
  • ter uma cultura voltada ao crescimento;
  • colocar os clientes no centro do processo;
  • definir metas claras e objetivas;
  • priorizar a transparência;
  • não ficar engessado aos objetivos previamente estabelecidos, fazendo as mudanças necessárias.

Defina os principais problemas a serem resolvidos

Toda e qualquer alteração na cultura empresarial deve ser motivada por algo que precisa ser melhorado. Ter essa consciência é essencial para a adoção da cultura ágil. Veja alguns exemplos de motivações ou pontos críticos:

  • alto índice de rotatividade de funcionários;
  • atraso na entrega de soluções aos consumidores;
  • reclamações sobre a qualidade das mercadorias e serviços.

Invista em uma liderança descentralizada

Uma função essencial é diminuir a dependência das lideranças. Na cultura ágil, as operações são mais descentralizadas e distribuídas. Assim, vale focar na autonomia e na responsabilidade de cada colaborador, a fim de diminuir a hierarquia e a dependência de líderes para a tomada de decisões de curto e médio prazo. E tudo isso também favorece o intraempreendedorismo na empresa.

Aposte em equipes menores

Times menores não perdem o foco com facilidade, o que garante a realização de reuniões mais eficientes e rápidas, além de aumentar a competitividade operacional. Outro detalhe que merece destaque é que equipes enxutas têm maior facilidade de comunicação e pouca resistência à mudança — o que é bastante benéfico na implementação da cultura ágil.

Nessa transição, todos os envolvidos devem saber o que está acontecendo, bem como as etapas de implantação. Logo, ter um diálogo eficiente e sem ruídos é fundamental. Para isso, identifique e adote recursos que facilitem o fluxo de interações (e-mails corporativos, intranet, murais, noticiário interno etc.), para garantir que todos obtenham as informações em primeira mão.

Por que ela é necessária?

Primeiramente, vale reforçar que a cultura empresarial é uma série de valores, normas e práticas para guiar comportamentos, crenças e hábitos de todos os colaboradores. Muito mais que uma ferramenta de realizar tarefas, a cultura ágil gera uma grande mudança cultural, afetando a maneira como rotinas, projetos e obrigações são executados no dia a dia.

A rapidez conseguida por meio dessa implementação garante a obtenção de resultados competitivos que podem colocar sua marca em evidência no mercado, além de deixar a concorrência para trás. Afinal, junto da agilidade, a qualidade das entregas fica evidente.

Quais são suas vantagens?

Vale reforçar que a implementação da cultura ágil afeta diretamente a cultura organizacional, portanto, trata-se de uma mudança de mentalidade. Ou seja, essa alteração passa a fazer parte do DNA da empresa, lançando uma nova forma de pensar e agir no cotidiano corporativo.

O resultado dessa integração na rotina das equipes (inclusive remotas) gera vários benefícios. Trazem maior engajamento no longo prazo, por exemplo, o que aumenta a produtividade e a qualidade nas entregas de produtos e serviços.

Outros efeitos positivos da cultura ágil que merecem destaque são:

  • diminuição de retrabalhos;
  • colaboração e sintonia entre diversos departamentos e times da empresa;
  • maior visibilidade dos projetos;
  • implantação de um cronograma ágil e eficiente;
  • satisfação interna (colaboradores felizes com as melhorias feitas);
  • satisfação externa (clientes contentes com o trabalho realizado, aumentando as chances de fechar contratos e parcerias duradouras);
  • competência orientada para inovar e expandir os negócios.

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado você a saber um pouco mais sobre a cultura ágil e como implementá-la na sua empresa. Ter um ambiente inovador, rápido e eficiente é essencial para engajar equipes, captar clientes e fidelizá-los. Para que essa alteração seja feita com eficiência, consulte uma instituição especializada. Assim, você fará as mudanças de maneira gradual, sem comprometer o fluxo das operações.

Quer conhecer as nossas soluções? Entre em contato conosco agora mesmo e saiba como podemos ajudar o seu negócio!

Compartilhe:
Veja mais sobre

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

O COVID-19 deixou claro que precisamos nos adaptar rapidamente à nossa nova realidade e com agilidade.

Saiba mais

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais

Embora a resposta de cada setor ao COVID-19 tenha sido diferente, universalmente, os setores estão reformulando a maneira como fazem negócios por meio da interrupção digital.

Saiba mais

O impacto do COVID-19 criou uma situação em que a necessidade do local de trabalho digital é crucial, pois grande parte da força de trabalho está sendo acelerada para atuar como nômades digitais funcionais.

Saiba mais

O COVID-19 criou condições nunca antes vistas, introduzindo cenários em constante mudança.

Saiba mais

Compreender os riscos de ter aplicativos, páginas da Web ou servidores vulneráveis ​​é muito importante para sua estratégia de gerenciamento de riscos

Saiba mais

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

Necessidades Digitais

Necessidades Digitais

O COVID-19 deixou claro que precisamos nos adaptar rapidamente à nossa nova realidade e com agilidade.

Saiba mais
Construindo Negócios Resilientes

Construindo Negócios Resilientes

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais
Reformatando Indústrias

Reformatando Indústrias

Embora a resposta de cada setor ao COVID-19 tenha sido diferente, universalmente, os setores estão reformulando a maneira como fazem negócios por meio da interrupção digital.

Saiba mais
Cloud Now

Cloud Now

O impacto do COVID-19 criou uma situação em que a necessidade do local de trabalho digital é crucial, pois grande parte da força de trabalho está sendo acelerada para atuar como nômades digitais funcionais.

Saiba mais
Hyper Automation

Hyper Automation

O COVID-19 criou condições nunca antes vistas, introduzindo cenários em constante mudança.

Saiba mais
Cyber Security Plug & Play

Cyber Security Plug & Play

Compreender os riscos de ter aplicativos, páginas da Web ou servidores vulneráveis ​​é muito importante para sua estratégia de gerenciamento de riscos

Saiba mais