BPO e RPA: entenda como a robótica pode auxiliar o setor de terceirizações

19 de Março de 2019 por Stefanini

Você já ouviu falar em RPA? Também conhecido como Robotic Process Automation ou Automação de Processos Robóticos, esse termo pode ser a solução para digitalizar a sua empresa da melhor maneira possível.

No setor de serviços de terceirização de negócios — BPO ou Business Process Optimization — e também no mercado de Tecnologia da Informação, ele já vem promovendo uma série de transformações.

Como se trata de um assunto muito relevante, preparamos este artigo para tirar as suas dúvidas. Ao longo do texto, explicaremos como ela pode ajudar em seu negócio, quais são as aplicações mais frequentes e algumas das tendências para os próximos anos. Continue a leitura até o fim para saber mais!

Por que otimizar os processos?

A otimização dos processos estabelece uma conexão direta com o aumento de produtividade dos colaboradores. Afinal, ganha-se em tempo e em qualidade de serviço. Consequentemente, custos podem ser reduzidos e os lucros, aumentados.

Nesse contexto, vale a pena destacar a automatização como uma das saídas para aperfeiçoar uma série de rotinas organizacionais. Elementos como a robótica, a Inteligência Artificial (IA) e o Big Data são decisivos para alcançar a robustez e a consistência produtiva. Ou seja, favorecem a eficiência operacional e contribuem para manter um elevado padrão de qualidade.

Por que o RPA pode ser um bom aliado na indústria de serviços terceirizados?

Embora o RPA possa ser considerado uma tecnologia já antiga — testada desde os anos 2000 — ele é, sem dúvidas, um grande aliado para substituir atividades transacionais, independentemente de estarem alocadas em sistemas prontos ou não. Muitas vezes, softwares prontos são usados, mas os robôs podem substituir e exercer funções que são repetitivas, ou seja, aquelas que não exigem tomadas de decisão.

Como mencionamos, essa característica tende a gerar um aumento significativo em relação à produtividade: é possível fazer muito mais, melhor e, na maioria das vezes, reduzindo os custos. Isso se aplica ao serviço como um todo, porque é viável automatizar também em um modelo de outsourcing.

Quais são os impactos?

Para se ter ideia, é muito provável que os investimentos em RPA continuem a crescer no setor de terceirizações (BPO). De acordo com dados divulgados pela pesquisa CIO Survey, publicada em 2018 pela Harvey Nash em parceria com a KPMG, cerca de 7 em 10 líderes de TI ao redor do mundo disseram que pretendem investir em Inteligência Artificial.

As oportunidades para as empresas de BPO estão ligadas à chance de fazer com que processos puramente mecânicos sejam realizados por robôs. A partir disso, as tarefas mais simples são executadas de maneira automática, liberando tempo para atividades que demandam inovação e criatividade.

Quais são as principais aplicações de RPA para BPO?

A aplicação pode se dar em todos os tipos de processos, atingindo, em maior grau, algumas áreas específicas. Antes de tudo, é preciso saber que qualquer tipo de aplicação de robotização depende muito do entendimento do negócio e das rotinas que ele comporta.

Ao tomar conhecimento dessas necessidades — gargalos e procedimentos manuais e/ou demorados —, é possível aplicar o RPA e obter as melhorias desejadas. Portanto, é de suma importância começar as mudanças antes mesmo de contar com recursos de robótica e IA, porque é preciso modificar a mentalidade da empresa e compreender quais aspectos devem ser aprimorados.

Em uma visão geral, a aplicação pode valer para todas as áreas de negócios de uma organização: dos setores mais tradicionais (back office, finanças, contabilidade etc.) aos departamentos com processos mais complexos e criativos, como marketing e comunicação.

Tudo depende de uma apurada análise de viabilidade para saber se determinada tarefa demanda esforço manual excessivo ou se é lenta demais, mas pode-se dizer que a aplicação é bem ampla. É por isso que o BPO se beneficia tanto da automatização, já que pode expandir seu leque de serviços e de atuação, proporcionando estas vantagens:

  • acessar informações adequadas e precisas;
  • organizar documentos;
  • identificar, analisar, controlar e diminuir erros;
  • ganhar eficiência;
  • reduzir custos operacionais.

Quais são as tendências para os próximos anos?

Uma das principais tendências é que essas automatizações fiquem cada vez mais cognitivas. Hoje em dia, a robotização é mais baseada em regras de negócio — há normas estruturadas e o robô executa exatamente o que foi desenhado.

Para os próximos anos, é bem provável que isso comece a ser combinado à Inteligência Artificial de um modo aprofundado. Dessa forma, haveria um pouco mais de cognição e análise propriamente ditas, como indica o Machine Learning. Tais noções também se aplicariam muito bem ao BPO.

Conforme as inovações ligadas ao RPA avançam, modelos de negócio voltados à terceirização farão com que o envolvimento humano se dê em processos prioritários, majoritariamente.

Além disso, ao contrário do que muitas previsões no passado apontaram, empresas que se encaixam no molde de Business Process Optimization ou contam com um suporte desse tipo não perderão espaço no mercado. Elas apenas desenvolverão um novo direcionamento para suas atividades, otimizando-as por completo.

Por que contar com as soluções da Stefanini?

Já consolidada como uma das líderes em soluções tecnológicas em mais de 40 países, a Stefanini ganhou notoriedade por conseguir analisar processos e identificar a necessidade de automação. Por meio de uma visão de consultoria, há como saber quais procedimentos podem ou não ser automatizados. O projeto de atendimento cognitivo desenvolvido junto à Caixa Econômica Federal é um demonstrativo claro disso.

Depois de avaliar cada uma das necessidades, a Stefanini pode construir robôs próprios ou sugerir soluções de mercado para seus clientes. Por fim, usando um BPO ou operando diretamente, a organização oferece a manutenção dos sistemas utilizados. Assim, em vez de precisar fazer um investimento e comprar uma solução, você pode recorrer ao serviço sem precisar mobilizar recursos para uma aquisição definitiva.

No momento, o RPA é uma das soluções mais populares no mundo digital — nos próximos anos, será ainda mais utilizada. Nesse sentido, a Stefanini conta com um vasto leque de opções para melhorar os serviços de sua empresa.

Enfim, a utilização do RPA no BPO vem se consolidando gradativamente. Com ela, você pode ganhar muito em termos de eficiência e produtividade, o que é um excelente motivo para considerar a automatização dos processos de seu negócio.

Se você gostou do conteúdo e precisa desse tipo de suporte, entre em contato conosco. Nós podemos ajudar!

Compartilhe:
Veja mais sobre transformacao_digital

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas