WhatsApp Pay: esclareça suas dúvidas sobre esse meio de pagamento

A incrível adesão de 98% da população brasileira entre 18 e 64 ao app de conversação mais usado do mundo é um dos motivos do recente lançamento do WhatsApp Pay.

Contudo, é preciso observar as características e forma de utilizar da nova solução em pagamentos, já considerada uma “concorrente” do Pix.

Afinal, como tudo que é novo, os Pagamentos do WhatsApp — o nome oficial para os brasileiros — ainda desperta alguma desconfiança, principalmente em relação à segurança das transações.

Confira neste conteúdo como ele funciona, suas vantagens e de que forma pode ser usado para bancar despesas pessoais, entre outras operações. 

O que é WhatsApp Pay?

Lançado em maio de 2021 no Brasil, o WhatsApp Pay é uma ferramenta pela qual se pode fazer pagamentos diretamente pelo aplicativo, seja na versão pessoal ou via WhatsApp Business.

No caso da versão disponível para pessoas físicas, o WhatsApp Pay permite apenas movimentar dinheiro para transações pessoais. Ou seja, não é possível utilizá-lo para receber dinheiro por vendas, função reservada para quem utilizar a versão Business.

Ele está integrado à plataforma Facebook Pay, que já vinha sendo utilizada como solução de pagamentos na maior rede social do mundo. Vale lembrar que, desde 2014, o WhatsApp pertence ao Facebook, quando foi comprado por US$ 16 bilhões.

Quais as características?

O usuário do WhatsApp pode, por exemplo, dividir despesas com amigos em lojas, restaurantes, bares ou mandar dinheiro para familiares com a função de pagamentos. No entanto, embora seja integrado a contas bancárias, não é possível contratar produtos financeiros, tampouco utilizá-lo com propósitos comerciais.

Para utilizar os Pagamentos do WhatsApp, o usuário precisará ser correntista de, pelo menos, um dos seguintes bancos, que operam com bandeiras de cartão pré-determinadas:

  • Woop — Visa;
  • Sicredi — Mastercard e Visa;
  • Mercado Pago — Visa;
  • Itaú — Mastercard;
  • Nubank — Mastercard;
  • Next — Visa;
  • Banco Inter — Mastercard;
  • Banco do Brasil — Visa;
  • Bradesco — Visa.

Como surgiu?

Não é novidade que o mundo está passando por uma profunda transformação digital, movimento em que quase todas as atividades produtivas são ambientadas no meio virtual.

Nesse contexto, em que a comunicação instantânea é a palavra de ordem, tudo acontece muito mais rápido e a tecnologia de pagamentos precisa acompanhar esse ritmo.

Ferramentas como o WhatsApp Pay surgem justamente como resposta a um usuário que demanda ferramentas ágeis e soluções na palma da mão. Afinal, é coisa do passado ter que se deslocar a caixas eletrônicos ou permanecer em filas de banco para fazer transferências e pagamentos.

Os Pagamentos no WhatsApp, então, unem o útil ao agradável, disponibilizando a opção de envio e recebimento de dinheiro sem ter que precisar interromper uma conversa.

Como funciona?

Primeiramente, é necessário ter conta em um dos bancos relacionados acima. Em seguida, o usuário deve procurar no menu do WhatsApp a opção “Pagamentos”, na parte superior direita da tela.

Caso a opção não apareça, provavelmente ela não está disponível. Nesse caso, a solução é procurar o suporte do WhatsApp para saber se é possível habilitá-la.

O passo seguinte é clicar no sinal de “+”, junto à opção “Facebook Pay”, criar um PIN de seis caracteres para uso nas movimentações e informar CPF, nome e telefone.

Para concluir, é preciso inserir os dados do cartão de débito que deverá ser associado, ou seja, seu número, CVV e data de validade. Será necessário verificar o cartão, procedimento que pode ser feito via SMS, e-mail ou pelo app do banco.

Para enviar dinheiro, basta abrir uma conversa e, no campo em que as mensagens são digitadas, selecionar o ícone de anexo, aquele com um clipe. Depois, basta selecionar “Pagar” com a quantia a ser enviada e fazer a autenticação.

Quais as diferenças em relação ao Pix?

Embora seja uma solução de envio e recebimento instantâneo de dinheiro, o WhatsApp Pay tem diferenças consideráveis em relação ao Pix, a plataforma de transferências do Banco Central.

A principal delas é a natureza da plataforma. Enquanto o Pix é uma solução completa, os Pagamentos no WhatsApp, na verdade, é apenas um iniciador de pagamentos. Sua função é, basicamente, fazer a conexão entre os usuários do WhatsApp e os bancos, cujos aplicativos se encarregam de concluir as transações.

Esse meio de pagamento é realmente seguro?

Não há solução em pagamentos que resista à falta de segurança, que deve acompanhar não só as transações pessoais como a própria jornada do cliente. No caso do WhatsApp Pay, embora não seja possível a criptografia de ponta a ponta presente nas mensagens, é garantida a segurança através de um sistema que opera em uma rede à parte.

Portanto, é como se os dados enviados pelas mensagens comuns trafegassem em um ambiente e os que são enviados pela função de pagamentos viajassem por outro. Cabe frisar que, se assim quiser, o usuário pode realizar uma autenticação biométrica, via Face ID ou Touch ID.

Como fazer o cadastro?

Como vimos, o cadastro deve ser feito pelo próprio aplicativo, no qual a função de pagamentos deverá já estar disponível no menu do WhatsApp.

E se o objetivo for receber dinheiro de vendas, então ela deverá ser utilizada exclusivamente no app WhatsApp Business. Quem usar a versão convencional com fins comerciais pode, inclusive, ter a conta bloqueada.

Quais as vantagens de utilizar?

Soluções como o WhatsApp Pay não deixam de ser uma maneira de fazer o controle financeiro, já que permitem transações instantâneas e sem taxas. Dessa forma, a própria gestão das finanças pessoais é facilitada, até porque, futuramente, a função deverá chegar às empresas, que poderão receber via aplicativo. 

Outra vantagem bastante considerável é que, como o Pix, ele permite transferir dinheiro instantaneamente, sem as pesadas taxas cobradas em operações bancárias de TED/DOC.

Como pode ser usado?

Seja como for, por agora os pagamentos via WhatsApp podem ser usados para envio de dinheiro entre pessoas, que poderão fazer cobranças de valores junto a familiares e amigos. 

Para o futuro próximo, espera-se que o leque de opções de pagamento pelo WhatsApp Pay seja ampliado, o que vai depender da adesão dos usuários ao novo recurso. E você, pretende utilizar os Pagamentos do WhatsApp?

Se quiser saber mais sobre pagamentos digitais, conheça a Orbitall Payments, um ecossistema completo que oferece agilidade e tecnologia de ponta para sua fintech, banco, empresa de serviços financeiros, emissora de cartões, varejista e outras.

Junte-se a nós

Receba Em Seu E-mail Conteúdos Exclusivos

Inscreva-se em nossa newsletter e receba novidades sobre o Grupo Stefanini.