A transformação digital vai muito além da tecnologia

Você sabe o que é preciso para passar por uma transformação digital? Spoiler: a tecnologia é só a ponta do iceberg.

20 de Setembro de 2021 por Stefanini

Chegamos a um estágio de mercado e sociedade em que a transformação digital se torna um processo obrigatório para todas as empresas. Por outro lado, muitas delas têm receio ou não conseguem passar por essa transição, pois acreditam que as mudanças são apenas tecnológicas e devem acontecer do dia para a noite.

Na verdade, há muitos outros fatores envolvidos nessa verdadeira metamorfose e hoje vamos falar sobre os principais. Confira!

1.ª etapa: uma nova cultura organizacional

A transformação digital começa pelos colaboradores e pela cultura organizacional. A descentralização nas tomadas de decisão e o incentivo da colaboração, comunicação e transparência são princípios que mudam completamente a relação entre empresa e profissional: quando as conquistas são mérito de todos, o senso de pertencimento e a motivação para continuar entregando bons resultados aumentam.

Na prática, isso significa que as empresas devem dar abertura para as ideias de colaboradores com diversas experiências, desde um estagiário que já nasceu imerso na

tecnologia, até um profissional que está há muitos anos no mercado e tem um olhar mais estratégico. Um complementa o outro.

2.ª etapa: treinar os colaboradores

Você já ouviu falar sobre a Terceira Geração de Business Intelligence? Ela visa democratizar o acesso a dados para todos os colaboradores de uma empresa, independentemente da área em que atuam.

No entanto, é preciso ensiná-los a usar as ferramentas de análise de dados, como o Google Analytics, e também a exercitar a sua visão analítica. Assim, cada uma dessas pessoas poderá usar informações relevantes para pautar as suas estratégias e tomar decisões importantes.

E quando falamos em dados, precisamos lembrar da Lei Geral de Proteção de Dados, não é? Confira cinco tecnologias que auxiliam na proteção de informações.

Em relação a outras ferramentas, o raciocínio é o mesmo: treinar os colaboradores e democratizar o seu acesso. Esse processo leva tempo, mas ajudará a empresa a ser mais ágil e assertiva em suas entregas para o mercado.

3.ª etapa: mudança de mentalidade

É inviável continuarmos no nosso modus operandi anterior à pandemia. Mudanças demandam jeitos alternativos de pensar e agir.

Essa nova mentalidade traz uma visão híbrida, orientada a dados e, em simultâneo, às necessidades humanas. O profissional em transformação digital olha para o mercado em busca tendências comportamentais, sociais, econômicas e tecnológicas, além de carências na rotina dos consumidores.

Ao encontrar essas brechas, ele começa a desenvolver soluções com antecedência para estarem prontas no momento em que as pessoas precisarem delas. Dessa forma, é possível atender rapidamente às necessidades que surgem e se modificam constantemente.

4.ª etapa: inovar leva tempo

Na vida, raramente conquistamos algo de primeira, e não seria diferente em uma transformação digital. O problema é que muitas empresas não têm paciência para passar por todo processo.

O conceito dos 6D’s, desenvolvido pelo futurista e fundador da X Prize Foundation, Peter Diamandis, ilustra bem o ponto em que queremos chegar. Nele, cada D representa uma etapa essencial e inevitável da transformação digital:

●     digitalização: quando um processo da empresa é automatizado, ele adquire o potencial de ser exponencial;

●     decepção: no início, o crescimento da digitalização é bem pequeno e leva tempo;

●     disrupção: o processo começa a se tornar exponencial e mostrar resultados;

●     desmonetização: os resultados da automatização tornam obsoleto o processo analógico;

●     desmaterialização: o processo passa a ser 100% digital;

●     democratização: o seu acesso se torna disponível para todas as pessoas.

Fonte: Singuarality University

O que concluímos ao passar por cada uma dessas etapas é que a transformação digital é um processo muito mais profundo e complexo do que apenas a implementação de novas tecnologias.

Ela demanda transparência e trabalho coletivo, democratização da informação, profissionais orientados a dados, olhar centrado no consumidor, coragem de tomar riscos, paciência e flexibilidade para as mudanças.

Quer trabalhar em um lugar que não para de inovar? Acompanhe as nossas oportunidades!

Compartilhe:
Veja mais sobre transformação digital

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

testetetetete

testete

tatetadata

teste

tstete

aaaaaaaaaaaaaaaaa

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

Experience

Experience

testetetetete

Cyber Security

Cyber Security

testete

Machine Intelligence

Machine Intelligence

tatetadata

Enterprise Hosting

Enterprise Hosting

teste

Consulting

Consulting

tstete

IT Strategy

IT Strategy

aaaaaaaaaaaaaaaaa