Código limpo: quais boas práticas devem ser adotadas por pessoas desenvolvedoras?

01 de Abril de 2021 por Stefanini

Quando falamos em código limpo, existem algumas boas práticas que devem ser adotadas. No geral, ele deve ser claro para outros desenvolvedores, passar em todos os testes unitários, não ter duplicação, ser curto e simples e fácil e barato de dar manutenção. No geral, o clean code é testável, fácil de ler, compreender, modificar e manusear. 

Manter um código limpo é importante para garantir sua testabilidade, compreensão e manutenção. Uma das causas para o surgimento da dívida técnica são códigos mal escritos. O tempo para manusear um código mal escrito é maior em relação a um bem escrito. E sabemos que tempo é dinheiro”, pontua Michely Oliveira, Tech Lead na Stefanini.

O que define um código sujo?

Michely explica que um código cheira mal ou está sujo quando vemos métodos longos, com muitos parâmetros, que fazem a mesma coisa com nomes diferentes e muitos switch cases. “Além de classes muito acopladas, o que faz com que uma mudança simples afete várias outras classes”, destaca. 

Ainda observamos diversos trechos com comentários desnecessários que explicam o funcionamento de uma classe ou método. Como exemplo, também vemos  métodos, classes e variáveis dentre outros membros que nunca são utilizados e códigos duplicados. Com base nisso, entendemos a importância de um código bem escrito. 

Então, quais boas práticas devem ser adotadas para manter o código limpo?

A técnica para transformar um código sujo em limpo chama-se refatoração. “Sempre que for possível, ao mexer no código para adicionar uma nova feature, corrigir um bug ou durante sua revisão, é importante verificar a necessidade de refatorar esse código, atentando-se para o que podemos chamar de cheiro do código (code smells)”, destaca Michely. Um padrão simples de ser adotado, que pode ajudar muito no refactoring e contribui para um código limpo e bem organizado é o SOLID. 

O principal objetivo da refatoração é resolver dívidas técnicas, que podem ter diversas causas, como falta de comunicação entre os membros da equipe e falta de documentação. Além disso, o problema pode estar relacionado com pressão do negócio, falta de revisão do código, ausência de conhecimento técnico e a não realização de testes.

Em alguns casos, a necessidade de realizar um refactoring pode parecer um mal sinal quando o cliente não entender que esse processo será necessário em algum momento do projeto. Diante disso, caso tenha dúvidas sobre realizar a refatoração, converse com sua liderança para alinhar a melhor forma de tratar o assunto e resolver o caso com cada um dos clientes. 

Outro ponto de atenção é que algumas pessoas desenvolvedoras podem sentir que é o momento de refatorar quando sobra um tempo livre no projeto. Em contrapartida, Michely explica que essa atividade pode ser uma armadilha quando não há uma boa cobertura de testes no projeto, uma vez que isso pode criar demandas de testes que não estavam planejadas.

Por fim, como já diz Martin Fowler: “qualquer um pode escrever um código que o computador entenda. Bons programadores escrevem códigos que os humanos entendem”. Portanto, inspire-se nessas palavras do autor quando for programar e tenha em mente a importância de trabalhar com código limpo.

Agora, aproveite para se inscrever na base de talentos da Stefanini para receber vagas e muitos conteúdos do blog. 

Compartilhe:
Veja mais sobre

Vamos cocriar, solicite uma proposta dos nossos especialistas

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

O COVID-19 deixou claro que precisamos nos adaptar rapidamente à nossa nova realidade e com agilidade.

Saiba mais

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais

Embora a resposta de cada setor ao COVID-19 tenha sido diferente, universalmente, os setores estão reformulando a maneira como fazem negócios por meio da interrupção digital.

Saiba mais

O impacto do COVID-19 criou uma situação em que a necessidade do local de trabalho digital é crucial, pois grande parte da força de trabalho está sendo acelerada para atuar como nômades digitais funcionais.

Saiba mais

O COVID-19 criou condições nunca antes vistas, introduzindo cenários em constante mudança.

Saiba mais

Compreender os riscos de ter aplicativos, páginas da Web ou servidores vulneráveis ​​é muito importante para sua estratégia de gerenciamento de riscos

Saiba mais

Veja outros serviços capazes de complementar esta solução

Necessidades Digitais

Necessidades Digitais

O COVID-19 deixou claro que precisamos nos adaptar rapidamente à nossa nova realidade e com agilidade.

Saiba mais
Construindo Negócios Resilientes

Construindo Negócios Resilientes

Na era do COVID-19, a resiliência das empresas está sendo testada de maneiras nunca antes encontradas.

Saiba mais
Reformatando Indústrias

Reformatando Indústrias

Embora a resposta de cada setor ao COVID-19 tenha sido diferente, universalmente, os setores estão reformulando a maneira como fazem negócios por meio da interrupção digital.

Saiba mais
Cloud Now

Cloud Now

O impacto do COVID-19 criou uma situação em que a necessidade do local de trabalho digital é crucial, pois grande parte da força de trabalho está sendo acelerada para atuar como nômades digitais funcionais.

Saiba mais
Hyper Automation

Hyper Automation

O COVID-19 criou condições nunca antes vistas, introduzindo cenários em constante mudança.

Saiba mais
Cyber Security Plug & Play

Cyber Security Plug & Play

Compreender os riscos de ter aplicativos, páginas da Web ou servidores vulneráveis ​​é muito importante para sua estratégia de gerenciamento de riscos

Saiba mais