Controlando a fraude financeira com IA - Stefanini - PT Controlando a fraude financeira com IA - Stefanini - PT
Pode imaginar.
Com Inteligência Artificial a Stefanini faz.

Controlando a fraude financeira com IA

Play Video

O CLIENTE

Como um dos maiores bancos de investimento da América Latina, o cliente é um player destacado no cenário financeiro global. Reconhecida pela sua experiência em banca de investimento, gestão de activos e gestão de património, a empresa destaca-se pela sua abordagem inovadora e centrada no cliente.


CONTEXTO E DESAFIO

Os bancos e as instituições financeiras enfrentam uma batalha constante e difícil na detecção e prevenção de fraudes. A natureza evolutiva das táticas criminosas, a rápida expansão dos serviços digitais e o grande volume de transações criam obstáculos significativos que podem ser difíceis de ultrapassar. Procurando criar uma estratégia de integração digital mais conveniente e segura para aumentar a sua base de clientes, a organização cliente procurava um parceiro para estabelecer uma estratégia robusta e inteligente de prevenção de fraudes para mitigar os riscos de aquisição de clientes, protegendo tanto a instituição como o sistema financeiro nacional em geral.


SOLUÇÃO

A TOPAZ, empresa do Grupo Stefanini, é uma das maiores empresas de tecnologia focada em soluções financeiras da América Latina. A solução líder de mercado da TOPAZ ajuda as instituições financeiras e seus usuários a prevenir fraudes eletrônicas de forma inovadora e eficiente em serviços digitais, canais transacionais e comércio eletrônico. Distribuídos pela nuvem, os desafios frequentemente criados pela integração e configuração do sistema são eliminados, permitindo que os clientes monitorem facilmente mais de 1.200 variáveis de usuário para identificar e prevenir fraudes financeiras.


RESULTADOS

1. Redução dos custos de infraestrutura em servidores, data centers e operações de TI

2. Prevenir a fraude e o branqueamento de capitais, mitigando as perdas financeiras e contribuindo para o combate ao crime organizado

3. Redução de falsos positivos, possibilitando transações que antes eram bloqueadas por suspeita de atividade fraudulenta


Pergunte a SophieX